Quantos dias ficar em Bangkok?

Bangkok é a capital e maior cidade da Tailândia. Cortada pelo rio Chao Phraya, a cidade é normalmente a porta de entrada para quem vai explorar o Sudeste Asiático.

Planejar uma viagem para a Ásia é muito diferente do que planejar para Europa ou América do Sul. Estamos falando de um continente onde a cultura é totalmente diferente da nossa… onde os costumes, a comida e a visão do povo é totalmente singular.

Em 2011, quando o filme Se Beber Não Case II estreou nos cinemas, eu nem podia imaginar que quatro anos depois eu estaria chegando naquela Bangkok caótica – e maluca – que é apresentada no filme.

Como eu já falei em outros posts, Bangkok não me despertava muito interesse – na verdade até me deixava com a pulga atrás da orelha. Será que eu vou gostar dessa cidade? Era o pensamento que mais batia na minha cabeça.

No fim a beleza de Bangkok só se revelou pra mim ao longo dos dias em que estive por lá. O calor prometido em todos os lugares era real – muito mais forte do que eu poderia imaginar. As ruas bagunçadas, os tuk-tuks, os mochileiros, os templos…

Toda essa bagunça junta pareceu fazer sentido, quase que como se fossem instrumentos diferentes que formavam uma grande orquestra… Uma orquestra que dita o ritmo da cidade e a faz vibrar de forma única.

Nesse post eu vou te dar uma sugestão de quantos dias ficar na cidade e também um roteiro resumido do que fazer em cada dia. Aproveite também para ver o post O que fazer em Bangkok, onde listei o que tem de melhor para fazer por lá. Mas agora vamos ao que interessa…

Quantos dias ficar em Bangkok?

A primeira coisa que eu acho que você tem que pensar é que está indo para o outro lado do mundo. Não dá pra chegar lá e querer ficar só um ou dois dias… Tudo bem, até entendo que talvez você queira priorizar as praias ou outras coisas, mas considere dedicar ao menos quatro dias na cidade e descubra o que ela tem para oferecer.

Veja agora como pode ser o seu roteiro para 4 dias em Bangkokpodendo ser adaptado para 5 dias. Lembrando que eu vou passar um roteiro espelhado na minha viagem – você pode alterar tudo de acordo com as suas necessidades.

Dia 01 – Descobrindo o mundo em Bangkok

Bom, eu cheguei em Bangkok perto do meio dia – em um vôo saindo de Dubai. Eu tinha a tarde e a noite para bater perna – mesmo estando cansado das incontáveis horas de vôo.

Depois de fazer check-in no Rambuttri Village, deixar minhas coisas no quarto e tomar um bom banho, era a hora de encarar o calor de Bangkok.

Separei esse primeiro dia para ficar na região do hotel, passeando entre as duas ruas principais – a Khao San Road e a Rambuttri.

Bangkok - Roteiro, dia 1

Acho que foi uma ótima opção! Deu pra ver tudo com calma…. bares, restaurantes, lojinhas e claro, fazer uma thai massage!!! Já é legal fazer uma massagem nesse primeiro dia para entrar no clima da Tailândia.

No começo da noite eu dei um pulo no bairro Siamonde ficam os principais shoppings das cidade. Eu precisa comprar cartão de memória para a câmera e o MBK Center é um dos melhores lugares para isso.

Paguei 200 bahts em um tuk-tuk para ir da Khao San até o MBK minha primeira aventura de tuk-tuk. Veja aqui um post sobre como se locomover em Bangkok e este outro sobre Compras em Bangkok.

De lá eu voltei para a Khao San e curti um pouco da agitação noturna da cidade – que muda completamente do dia para a noite.

Dia 02 – Explorando os templos de Bangkok

Separei o segundo dia da viagem para visitar os templos de Bangkok. Se a sua viagem for de 4 dias é legal tentar concentrar todos os templos em um mesmo dia – se puder ficar 5 dias, pode ser uma opção deixar algum templo para outro dia.

Já quero adiantar que esse é um dia puxado e tem bastante coisa pra fazer.. mas se eu consegui, você também consegue!!

Bangkok - Roteiro, dia 2

Acordei por volta das 7 horas e fui tomar café no Green Houseo melhor restaurante que encontrei em Bangkok.

Minha primeira parada do dia foi o Grand Palace, que abre as 08h30. Junto ao Grand Palace fica o Wat Phra Kaew, o Templo do Buda de EsmeraldaVeja aqui o relato sobre minha visita ao Grand Palace.

De lá segui para Wat Pho, o Templo do famoso Buda Reclinado de ouro. Não sei se é porque estava mais vazio, mas eu gostei mais deste templo do que do Grand Palace.

Minha próxima parada foi o Flower Marketum lugar não tão popular mas ainda assim interessante.

Nos fundos dos Flower Market existe um pier super legal – pelo que eu vi promete ser um dos mais modernos da cidade. Tem vários cafés e restaurantes por lá. Até uma Starbucks vai abrir, mas ainda estava em construção no dia da minha visita.

Aproveitei a pausa no pier para comer alguma coisa. A próxima parada poderia ser o Wat Arun, o Templo do Amanhecer – infelizmente ele estava fechado para reforma.

Pulei então o Wat Arun e peguei um barco para visitar Chinatown, que eu super acho que merece uma visita.

Em Chinatown também tem um templo bem legal, o Wat Traimit, o Templo do Buda de Ouro. Veja aqui o post completo sobre o Chinatown de Bangkok.

Ainda estava de dia quando cheguei em Chinatown, mas só consegui isso pois pulei o Wat Arun. Caso você visite o templo, pode pegar de lá um barco até Chinatown – não tem problema se já estiver no fim da tarde, dizem que Chinatown fica ainda mais legal à noite.

Dia 03 – O Mercado do Trem e o Mercado Flutuante de Bangkok

O terceiro dia eu separei para visitar duas atrações que não ficam dentro de Bangkok, mas sim nos arredores: o Mercado do Trem em Maeklong e o Mercado Flutuante de Damnoen Saduak.

Bangkok - Roteiro, dia 3

Na noite anterior eu contratei o passeio na agência do meu próprio hotel para visitar os dois mercados em conjunto – foi uma ótima opção.

Veja aqui meu post sobre o Mercado do Trem de Maeklong e aqui um post sobre o Mercado Flutuante de Damnoen Saduak.

Esse passeio termina no começo da tarde. Você pode deixar o restante do dia livre para fazer alguma coisa ou até deixar para visitar o Wat Arun neste dia – caso ele esteja a aberto.

Eu acabei voltando no bairro do Siam pois precisava comprar mais algumas coisinhas. #MochileiroConsumista

* * * *

Na noite deste dia eu fiz dois passeios: o Vertigo Moon Bar e o Ping Pong Show.

Eu não imaginei que daria para fazer os dois na mesma noite, mas deu tempo tranquilo.

O Vertigo Moon Bar fica no topo de um hotel cinco estrelas – o Banyan Tree. Para conseguir uma mesa você precisa jantar no lugar, ou então ficar no bar caso queira apenas beber uns drinks.

Vertigo Moon Bar - Bangkok

A vista é incrível – mas deixa eu lembrar que este não é o mesmo bar do filme Se beber não case II… ele fica na mesma região, é um pouco mais baixo e um pouco mais barato – mas ainda é bem caro #mochilãoOstentação

O Ping Pong Show foi a segunda atração da noite…. caso você não saiba do que se trata, eu fiz este post explicando todos os detalhes: Os segredos do Ping Pong Show de Bangkok.

Dia 04 – Bate-volta para Ayutthaya, saindo de Bangkok

O quarto dia eu dediquei para visitar Ayutthaya, antiga capital do Reino da Tailândia. Eu fiz a viagem de trem, mas você pode contratar passeios direto em Bangkok ou escolher uma das outras formas que já contei aqui no blog.

Wat Phra Si Sanphet, Ayutthaya

Posts Especiais: Ayutthaya, por um viajante | Roteiro de um dia em Ayutthaya | Como ir de Bangkok para Ayutthaya

O meu trem de volta, não sei por qual motivo, foi bem mais lento do que o de ida. Acho que a viagem levou mais de três horas. Isso acabou me deixando bem cansando no fim desse dia.

Eu acabei aproveitando um pouco da piscina do hotel para dar uma relaxada. O passeio por Ayutthaya foi bem puxado – o calor era de matar!!

A noite eu fique entre a Khao San e a RambuttriAproveitei para jantar em um restaurante legal e depois voltei para o hotel para arrumar minhas coisas.

No dia seguinte eu tinha um vôo para Chiang Maiera a viagem que estava só começando

Dia 05 – Mais um tempinho em Bangkok

Enfim, o último dia em Bangkok… Meu vôo para Chiang Mai partia às 18h00, o que me dava algumas horas para fazer mais alguma coisa na cidade. A questão é que eu precisa chegar no aeroporto por volta das 16h00 e o taxi leva quase duas horas do meu hotel (na Rambuttri) até o Aeroporto DMK.

Eu levei um susto ao saber o tempo que levava para chegar ao aeroporto – pelo que eles me explicaram isso depende da hora do dia, eu peguei bastante transito… então vale a pena ficar atento!

As horas que restavam não deram para muita coisa. O que eu queria mesmo era visitar um estádio de luta super famoso da cidade, mas eu consumi muito mais memória da câmera do que imaginava… então sim, acredite, voltei ao Siam novamente.

Siam, Bangkok

Comprei mais cartões de memória e aproveitei para visitar os outros shoppings. O Siam Paragon merece ser visitado… não para compras, pois é muito chique (pelo menos para o meu nível), mas para curtir as lojas conceito mesmo… é um lugar muito maneiro!!

Você pode separar esse restinho de tempo para fazer outras coisas. Em outro post eu vou listar tudo que não consegui fizar em Bangkok e que vai ficar para uma outra viagem.

Lembrando que boas opções de hospedagem em Bangkok você encontra no Booking. Não se esqueça que o Seguro Viagem é muito importante para viagens internacionais – leitores do blog tem um desconto de 15% para a contratação. Pegue aqui o seu cupom e garanta o melhor seguro com o melhor preço

Espero que esse post ajude no planejamento da sua viagem. Se você tiver dicas sobre Bangkok, fique a vontade para compartilhar elas nos comentários do post.

Booking! Faça sua reserva!

mondial-pos-2016

Meu Primeiro Mochilão

About The Author

Robson Franzói é um curitibano de 29 anos, formado em design e obcecado por descobrir coisas novas. Em 2012 decidiu correr atrás dos seus sonhos e no seu primeiro mochilão descobriu sua grande paixão: viajar! Amante também da fotografia, o garoto criou esse blog para compartilhar suas histórias, aventuras e clicks pelo mundo. Suas fotos já estão ficando conhecidas, aproveite e acompanhe o Instragram @blogumviajante

Related posts

31 Comments

  1. Antonio

    Fala Robson! Parabéns pelo blog!

    EU vou ficar em Bangkok 2 dias, pensei em fazer Ayutthaya em um dia, e os mercados e templos (não todos) em outro. Acha que dá? Alguma dica?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Antonio, tudo beleza? Primeiro agradeço seu elogio… que bom que chegou aqui e curtiu o conteúdo.

      Então, sobre a sua viagem…. Corridinho o tempo hein!?! Acho que vale a pena você pensar bem sobre Ayutthaya. Como só tem dois dias, eu acho que deveria dedicar esse tempo para a cidade de Bangkok mesmo.

      Tem muita coisa para ver na cidade! A viagem para Ayutthaya é meio demorada…

      Pensa bem nisso… acho que você vai aproveitar mais se ficar só em Bangkok

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  2. Dani

    Oi Robson!

    Tenho curtido ler teus posts no blog, bem bacana mesmo!
    Estou querendo ir pra Tailândia em dezembro e tenho 12 dias (contando ida e volta) Railay Beach e Chiang M eu gostaria q estivessem no meu roteiro (muita vontade de conhecer os templos). Da pra incluir algo mais na viagem com a qtidade de dias q possuo?
    Enviei um e-mail pra ti, mas colocarei minhas duvidas aqui pq poderia ser a de outras pessoas tb!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Dani!! Tudo bom? Desculpa a demora para te responder.. Estava no Chile e muitos comentários ficaram acumulados.

      Então… contando ida e volta (2 pra ir e 2 pra voltar) vai ter restar 8 dias completos lá. Vai ser bem corridinho.

      A divisão mais justa seria 4 em Bangkok e 4 nas praias…. ainda assim aperto. Acho que vai ter que deixar Chiang Mai para outra viagem, pois o tempo é curto

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  3. Cibely

    Olá, estou apaixonada pelo blog… ainda estou no comecinho, mas irei fazer nossa programação baseada nas suas dicas! Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Opaa!! Aí sim!! Fico feliz em saber!! Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  4. Ket

    Oie!

    Estou adorando tudo, e fazendo tooooooodo o meu roteiro por aqui! Queria saber se você fez o post !tudo que não consegui fizar em Bangkok”, se não fez, faça por favooor!

    muitas viagens pra você!

    Reply
  5. Fernando

    Fala Robson, blz brother?
    Show de bola suas informações aqui…parabéns!
    A logística pra ir de Railay para Maya Bay e Phi Phi é tranquila?

    Desde já obrigado
    Abraço
    Fernando Neiva

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Fernando, tudo blz e aí!? Cara, é bem tranquila sim. De Railay você vai comprar um ticket de um barco que vai ter levar até Phi Phi… E de lá você pode comprar os passeios para Maya Bay.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  6. Caren Yamada

    Olá Robson, boa tarde!

    Parabéns pelo blog, curto muito suas viagens, relatos, vindas a Sampa e até fui conhecer alguns cafés depois dos seus videos no Snap !
    O plano é, ir em abril de 2017 junto com 2 amigos para Tailândia. Previsão de 15 dias no total. Será que é tempo suficiente para fazer Bangkok, Chiang may e as praias?
    Tenho dúvidas ainda sobre o descolamento … trem, avião.

    grande abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Caren, tudo bom?? Então, com 15 dias eu acho que você poderia deixar uns 5 para Bangkok e o restante para as praias. Deixaria Chiang Mai para outro oportunidade. Assim, até dá pra encaixar, mas ficar mais corrido. Tudo vai depender do seu ritmo e de quanto tempo vai querer ficar nas praias. Como o seu tempo é curto, eu acho que avião é a melhor opção…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  7. suely

    Oi Robson sou de Curitiba, vou para Tailandia ano que vem ficarei 35 dias, quero fazer bangkok, camboja, vietna, Laos queria tambem Myanmmar e Chiang May nao sei se dara tempo , o que vc me aconselha, em relacao a bangkok ja tirei uma ideia de voce sobre os pontos turisticos, ja ate anotei o cronograma rssr, muito showww.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Su, tudo bom!?!? Que legal que é aqui de Curitiba!! Já foi visitar o Café do Viajante!?! Tem que passar lá hein

      Você tem um tempo ótimo para a viagem… acho que vai poder explorar bastante por lá. Já tem um roteiro mais definido? Como estão os planos? Se quiser que eu dê uma olhada é só postar ele aqui.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  8. Milena

    Boa noite!!!!
    Qual seria o estadio que você queria conhecer?? Fiquei curiosa!!!! Rs
    To indo pra lá dia 06, alguma dica? Somos 3 mulheres viajando pra lá.
    Obrigada.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Milena, tudo bom? Então, é era o Lumpinee Boxing Stadium… para ver lutas de Muay Thai… mas parece que só vale ir lá se você realmente gostar desse esporte.

      Sua viagem está chegando hein!?! Já está com tudo pronto!?! Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  9. wander

    Caro Robson,

    gostaria apenas de fazer Bangkok, saindo do Rio em 2 de março e retornando 9 para o Brasil. É válido numa viagem a Tailândia só fazer a capital e algumas cidades ao redor, excluindo as praias???

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Wander, tudo beleza!?! Então, assim.. eu acho que é muito longe para fazer apenas a capital. Você vai levar ao menos 2 dias para chegar lá…. e ficaria pouco tempo. Acho que financeiramente não compensa muito, pois a passagem é bem salgada.

      O ideal seria ficar uns dias 15 no país, para visitar a capital e as praias… ou algo a mais na região. É apenas uma sugestão, para você não gastar tanto pra chegar lá e não conseguir aproveitar de verdade.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  10. Maria Rodrigues

    Robson, tudo bem? Primeiramente, parabéns pelo blog e muito obrigada por compartilhar sua viagem com a gente! Consegui viajar junto com você lendo seus relatos, muito legal. Você recomenda o hotel em que você se hospedou em Bangkok? Estou indo pra Tailândia agora no final do ano e estou com sérias dúvidas sobre onde ficar na capital… Vou com meu marido e gostamos de ficar perto das atrações, pois priorizamos fazer tudo a pé. Porém, não estamos mais na fase das baladas (temos 30 e alguns anos), preferimos curtir o dia e a noite apenas sair para jantar ou para um passeio rápido. Você acha que se hospedar na região onde você ficou é uma boa pedida pra gente?

    E invertemos a viagem: vamos primeiro para Chiang Mai (5 noites), depois para Krabi/Phi Phi (4 noites em AoNang e 2 em Phi Phi) e deixaremos Bangkok por último (4 noites). Fizemos isso pensando na “paulada” dos voos de volta, após todo o cansaço da viagem… Acho que será melhor pra gente voltar menos acabado! kkkk

    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Maria, tudo bem e você!? Ahh, então eu acho que o hotel que eu fique é uma boa pra vocês sim! Ele não é dos mais luxuosos… é simples… mas é tranquilo. Dá pra fazer muita coisa a pé…. e está ao lado da rua mais agitada…. mas a uma distância que vocês não vão se incomodar. Eu acho que seria uma experiência legal pra vocês!

      Seu roteiro está ótimo… eu deixei as praias por último para poder descansar lá… relaxar… você vai chegar em Bangkok um pouco cansada e vai ter bastante coisa pra fazer.

      Mas tenho certeza que será uma viagem incrível! Aproveitem muuuuuito!! Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  11. Julyan Souza

    fala Robson.
    to me inspirando em você pra fazer minha viagem ao sudeste asiático to amando cada detalhe de todos os textos ( ja li seu blog inteiro) e cada vez mais me surpreendo e eu voltei nessa parte pra exatamente começar a montar meu roteiro estarei viajando pra la em abril e vou fica 1 mês, ja vou adiantando que vou fica no mesmo hotel que você …
    bom disponibiliza ai a planilha inteira do seu roteiro pra ficar mais fácil não só pra mim mas pra todos que querem fazer uma viagem como a sua….
    desde ja obg
    e sucesso com o blog.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Julyan, tudo beleza!?!? Que bom saber que inspirei sua viagem…. fico imensamente feliz em saber que estou ajudando outros viajantes. Tenho certeza que você vai curtir muito essa trip. O Sudeste Asiático é um lugar incrível!!

      Vou preparar um post com a planilha muito em breve, pode deixar!!

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marga, tudo bom? Então, eu contratei em uma agência que fica dentro do pátio do hotel Rambuttri Village. Você não precisa ser hospede para entrar lá e fechar com a agência, pode ir tranquila

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  12. Giovanna Lundgren

    Oi robson, tou amando seu blog, tou planejando minha viagem com meu marido pra Tailândia, uns 18 dias, estou cada vez mais encantada com o que encontro na internet sobre o local. Espero o post sobre o Vertigo Moon bar.
    E a planilha do seu roteiro.
    Abraços.

    Reply
  13. Lauro Marcondes

    Bom demais Robson, estou indo pra Tailandia e chego em Bangkok no dia 7 de junho e estou querendo seguir isto aqui, tendo em vista que meu voo de volta é no dia 22 de junho, dá uma olhada e ve se ta tranquilo por favor e o que sugere nestes dias do meio ae
    Quarta 07 -> Chegar em bagkok 13:20 ai pegar trem noturno para chang mai
    08 -> Pegar vans que saem do centro de manhã para o templo, Wat Phra That Doi Suthep(Templo da Montanha) 15 km de Chang mai, voltando para ver o templo Wat Phan On e depois jantar às 19 horas até 0hrs no mercado noturno, localizado na rua Chang Khlan, entre a Tha Phae e a Loi Kroh
    09 -> Happy elephant Tour (Levar Toalha, sunga, sundown e repelente) pega no Hotel na Chang Mai drive entre 8:15 e 9:00 Am e por volta de 17: 30 te dropa no hotel, ai janta e vai pro próximo destino. Doi Inthanon
    10 -> Fazer um Tour no outro dia ou mais de dois dias no parque citado com trekking e tals
    11 ou 12 -> . Chiangrai – ver algum tour ainda
    13 -> Ir para Pai (cidade meio hippie que tem lá perto)
    14 ao 19 praias e ilhas do leste por causa das monções
    20 21 22 Bngkok com mercado do trem e barco, templos e Ayutthaya
    e ae, acha que vai dar certo?! Salientando que não to muito ai pra comprar coisas não, faço questão quase zero disso, prefiro mais os passeios relacionados a natureza e tals
    Desde já agradeço, um abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Lauro, tudo bom? Sua viagem está quase no fim…. mil desculpas por não conseguir te responder antes. Acabei fazendo algumas viagens em sequencia e os comentários ficaram acumulados por aqui. Espero que tenha dado tudo certo por ai… Aproveite o restinho da viagem!!!

      Se precisar de alguma ajuda é só me dar um grito aqui! Abraços!!

      Reply
  14. Helena Fanger

    Amei seus posta e me ajudou bastante no roteiro. Vou para Tailandia do 01/10 e retorno dia 15/10 e bastante corrido .
    Mas com sua ajuda ficou um pouco mais claro no que fazer em
    bangkok.
    Sei que é um período ruim, pois acontece os períodos de chuvas e estou com receio das praias e de não poder aproveitar .
    Obrigada e continue nos ajudando com os seus posts.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Helena, tudo bom? Que bom que o blog está ajudou na sua viagem, fico super feliz em saber…. de verdade!

      Já está de volta, certo? E aí.. como foi a aventura?? Depois passa aqui pra me contar como foi a viagem

      Pode deixar, vou continuar sempre compartilhando minhas experiências

      Bjosss

      Reply
  15. Marina

    Oi, Robson! Tudo bom?

    É a Marina Fragoso de novo haha.

    Aqui neste post você diz que voltou para os shoppings para comprar mais cartões de memória. Nessa sua viagem longa, como você fez para armazenar as fotos? Apenas cartões de memórias? Quantos você utilizou? e quais as capacidades deles?

    No geral, como você recomenda fazer o armazenamento das fotos/vídeos ao longo de uma viagem de 15+ dias?

    Obrigada!!

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *