Documentos para viajar para Europa

Se você está programando uma viagem ou mochilão para Europa, este post vai tirar suas dúvidas sobre a documentação exigida pela União Europeia para sua entrada nos países que fazem parte do Tratado de Schengen.

É legal ficar a atento a essas informações para que você faça uma viagem tranquila e não tenha problemas na imigração. Com as informações deste post você vai ver que não tem segredo viajar para Europa e é tudo muito mais simples do que você imagina.

Documentos para viajar para Europa:

Passaporte e visto para Europa

Primeiro item básico que você precisa ter para realizar uma viagem para o exterior é o passaporte. Eu sempre falo para os meus amigos providenciarem esse documento mesmo antes de programar uma viagem. Nunca se sabe quando uma oportunidade pode aparecer, então é melhor ter o passaporte em mãos.

Se você já tem seu passaporte, deve apenas se atentar para a data de validade do mesmo. A regra para entrada na Europa diz que seu passaporte deve ter validade de pelo menos 90 dias a mais da sua data de retorno. Ou seja, o seu passaporte precisa valer por mais 3 meses contados depois que deixar a Europa.

Sobre o visto: não, você não precisa ter visto para entrar em nenhum dos países que fazem parte do Tratado de Schengen, que são:
Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia e Suíça.

Ao chegar em qualquer um desses países você vai passar pela imigração, e é ali que talvez precise apresentar alguns documentos.
O Reino Unido não faz parte do tratado, mas também não precisa de visto e a lista básica de exigências é a mesma.

Seguro Viagem

Entre os documentos para viajar para Europa, o seguro viagem é um dos mais importantes. Os países que fazem parte do tratado exigem que o viajante possua uma assistência a viagens, com valor mínimo de € 30.000, para garantir assistência médica por doença ou acidente.

Durante toda a sua viagem é muito importante manter o certificado do seu Seguro Viagem junto com você, para que você tenha fácil acesso em qualquer emergência.

Veja neste post tudo que você precisa saber sobre Seguro Viagem e aproveite o cupom que te dá 15% de desconto na contratação do seguro.

Passagem de volta

Para entrar na Europa você deve ter sua passagem de volta comprada e datada. Este é um item normalmente solicitado na imigração, então tenha ele em mãos.

Comprovante de hospedagem

Tenha também em mãos os seus comprovantes de reserva dos hotéis e/ou hostels que vai ficar. É aquele comprovante que você imprime ao fazer sua reserva no Booking.

Lembrando que ao fazer sua reserva no Booking em um dos links aqui do blog você contribui para manter o blog ativo e não paga nada a mais por isso. Encontre aqui as melhores opções de hospedagem na Europa com os melhores preços.

Caso vá se hospedar na casa de alguém é necessário a apresentação de uma carta convite. Existem modelos diferentes para cada país. Você deverá conversar com a pessoa que fará essa carta para que ela siga o modelo do órgão público emissor. A carta deverá ser carimbada e assinada pelo órgão expedidor. Lembrando, é claro, que a pessoa que vai fazer está carta para você deverá estar legalizada como cidadão europeu.

Comprovantes financeiros

Pode ser que também seja solicitado para você algo que comprove que você tem condições financeiras para se manter na Europa pelo tempo da viagem. Esses comprovantes podem ser: o extrato do seu VTM ou da sua conta bancária, o limite disponível no seu cartão de crédito ou a quantia em espécie mesmo. O valor base para calcular sua permanência varia de 45 a 60 euros por dia.

Por fim você precisa ter calma na imigração. Não se preocupe, não é nenhum bicho de sete cabeças. Mostre-se tranquilo e responda tudo que for perguntado. Não minta em nenhum sentindo! Se você está viajando de férias, é isso que tem que dizer. Você não tem nada a temer.

Essa foi então a lista completa de documentos para viajar para Europa. Apresente apenas os documentos que forem solicitados. Não chegue lá jogando tudo para o fiscal da imigração, ele pode achar que você está forçando muito a barra. Enfim, apresente o que ele pedir e responda apenas o que ele perguntar.

Claro que todos essas dicas reduzem muito o seu risco de inadmissão na Europa, mas nada que seja 100% garantido.

O que eu posso dizer é para você ir tranquilo que tudo vai dar certo e sua viagem vai ser incrível.

Veja aqui as perguntas mais frequentes na imigração da Europa.

Qualquer dúvida referente a documentação para entrada na Europa fique a vontade para perguntar!

mondial-pos-2016

Meu Primeiro Mochilão

About The Author

Robson Franzói é um curitibano de 29 anos, formado em design e obcecado por descobrir coisas novas. Em 2012 decidiu correr atrás dos seus sonhos e no seu primeiro mochilão descobriu sua grande paixão: viajar! Amante também da fotografia, o garoto criou esse blog para compartilhar suas histórias, aventuras e clicks pelo mundo. Suas fotos já estão ficando conhecidas, aproveite e acompanhe o Instragram @blogumviajante

Related posts

296 Comments

  1. Ricardo Jucosky

    Obrigado pelas dicas, acabei de comprar uma passagem para passar o ano novo em Londres e suas dicas já estão me ajudando bastante, também vou contratar o seguro viagem indicado na matéria.

    Reply
    1. Robson

      Opa Ricardo, fico feliz em saber que o blog está ajudando!! Fazendo suas reservas de hospedagem pelos links do booking ou contratando seu seguro pelo link da Mondial, você não paga nada a mais e ainda ajuda o blog seguir em frente…

      Muito obrigado por comentar, precisando de alguma ajuda é só dar um grito!! Abraço!!

      Reply
      1. Ricardo Jucosky

        Robson, obrigado. Acabei de fechar o seguro com a Mondial para minha viagem, quanto aos hotéis vou ficar na casa de uma amiga em Londres, porém vou para outros países próximos e utilizar o booking através do link do blog para fazer a reserva, obrigado pelas dicas!

        Reply
    1. Robson

      Olha Dany, reservar sua hospedagem é bem aconselhável.. nem só pela questão da imigração, mas também por garantir um lugar legal pra ficar. Já vi gente chegar em uma cidade, sem reserva e por acaso ser uma semana de um evento famoso… resultado: tudo lotado… a pessoa dormiu na praça, literalmente…

      Agora, sobre a imigração.. já me perguntaram onde eu ia ficar… eu respondi que em hostels, e mencionei o nome do hostel daquele cidade, mas não precisei apresentar o comprovante.

      Não posso te garantir que terá ou não problemas, mas é aconselhável já viajar com as reservas feitas… pelo menos a reserva da primeira cidade…

      Reply
  2. Juliana

    Robson, boa noite
    Embarco pra Espanha na quinta, rs e só tem uma coisa me deixando intrigada! Eu fui na ANVISA para ver sobre o certificado de vacinação internacional, eles me disseram que nao é preciso visto que a viagem é para Europa, você de fato nao teve que apresentar nada sobre isso?
    E quais são as perguntas, por alto, que eles fazem na imigração? Se puder responder me ajudaria muuuuito! Obrigada, bjss

    Reply
    1. Robson

      Oi Ju… então, esse certificado de vacina não é obrigatório… aqui em Curitiba eu tomei a vacina em um posto de saúde e depois fiz a versão internacional na ANVISA – que aqui fica no aeroporto. Eu sei que em algumas cidades, como São Paulo, o certificado internacional é emitido no próprio posto de saúde.

      O vista para Europa, como eu falei no post, não existe.

      Sobre as perguntas… bom.. pra mim já perguntaram a minha profissão, o que eu fazia no Brasil, quantos dias ia ficar na Europa e onde ia ficar… basicamente isso…

      Estou bolando um post com as perguntas mais comuns… pra ajudar que tem receio de passar na imigração. Mas vai tranquila, é a melhor dica!!

      Reply
  3. Mariana

    Robson, Boa noite!

    Poutz… seu blog é sensacional!!! Esta me ajudando bastante a me organizar, o que no meu casa é um milagre!!!

    Você tem algum tipo de check list que você usa antes das viagens?!

    Reply
  4. bruno

    para entrar em paises da europa , eu tenho que falar o idioma local ?as perguntas que os fiscais fazem são em que idioma ?
    otimo blog , estou pesquisando pois ainda não sai do brasil , e pretendo fazer minha primeira viagem esse ano

    Reply
    1. Robson

      Oi Bruno, tudo bom? Você não precisa falar o idioma local não… é legal arranhar algo em inglês… mas, caso queira é possível solicitar um interprete… mas isso mais em último caso… aconselho a tentar responder as perguntas em inglês mesmo…

      Abraço!!

      Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Lais, tudo bom? Se você tiver em inglês pode ser… e não pode apresentar em outra lingua sim… aí você só mostra… é o que você tem. Dificilmente teria problemas por isso

          Se precisar de qualquer coisa me dá um grito

          Reply
  5. Miriame Lais

    Robson boa tarde! Há meses acompanho seu blog e adoro suas postagens! Me inspirou bastante e me ajudou a organizar o meu mochilão! Obrigada!
    Minha dúvida é a seguinte, você conhece o HostelBookers? Sabe se ele é seguro?
    Parabéns pelo seu trabalho!! Abraço!

    Reply
    1. Robson

      Oi Miriame, boa tarde! Então, existem muitos sites de reservas… muitos mesmo. Não tenho como te garantir a segurança deles… Normalmente o booking tem preços bem semelhantes a outros sites, e confio bastante no sistema deles… mas veja o que fica melhor pra você

      Obrigado por acompanhar o blog e pelo recado Abraço!!

      Reply
    1. Robson

      Oi Murilo… o idioma não é obrigatório… em alguns lugares vociê até pode solicitar um interprete, mas vou te dizer que não é necessário. A imigração é bem rápida e sabendo responder algumas coisas já é de bom tamanho.

      Reply
  6. Vitor

    Robson seu blog é muito incrível, aumentando cada vez mais minha vontade de correr atrás para realizar essa viagem. Mas, uma dúvida, sabe dizer se é necessário mostrar que está empregado (em algo aqui no Brasil é claro) para não ser barrado, mesmo que eu tenha as condições financeiras no momento para me manter na Europa pelo temo de viagem? o que eu quero dizer é se há algum problema em simplesmente juntar dinheiro e ir, mesmo que não tenha uma profissão fixa aqui no Brasil?

    Reply
    1. Robson

      Oi Vitor, que bom que curte o blog!! Então, não existe isso como regra.. claro que seria um ponto positivo a mais, mas não precisa se preocupar com isso… Eu não era registrado quando fui a primeira vez. Algumas pessoas até levam alguma declaração, mas é muito difícil pedirem algo do tipo

      Reply
  7. Gustavo

    Grande Robson, muito bacana o seu blog. Caí nele por acaso. Acabei lendo-o todinho do início ao fim… Fiquei algumas horas preso nele.

    Muito bacana suas postagens, me deu uma luz muito boa.

    Provavelmente, fecharei um negócio em Zurique. E, por conta disto, estou pensando em seguir um roteiro meio doido.
    Depois que eu aguardar o tempo que precisar em Zurique (entre 5 e 7 dias), devo seguir um roteiro meio doido:
    – Vou para Roma por uns 3 dias (avião);
    – Alugo um carro e sigo dirigindo durante o dia, pingo em Pisa e almoço em Florença, para seguir até Veneza e fico mais um dia por lá (Sei que parece meio louco, mas devo alugar algum esportivo – hehehehehehe);
    – Pego um voo para Praga (2 dias) sou louco para conhecer;
    – Novo voo Amsterdã (2 dias) não sou tão louco assim;
    – Londres por 3 dias (avião) s e eu pudesse escolher uma época para visitar Londres, seria final de 1800, início de 1900;
    – Pego um trem para Paris (3 dias) confesso que daria uma passada no Louvre, na Torre e no Palácio. Suas colocações me fizeram aumentar um pouco mais minha estada;
    – Talvez eu dê um pulinho em Ibiza por 3 dias(negócios. Juro!);
    – Encerro com um dia em Madrid (Só para dizer que conheci…);

    Minhas dúvidas, como não tenho a data muito definida (Embarco entre os dias 29/09 e 10/10), eu tenho que, obrigatoriamente, estar com a ida e a volta compradas? (Pois posso ser convocado a negócios a qualquer momento e precisar replanejar/redefinir meus roteiros.) E ainda há a possibilidade de negócios em Ibiza

    Alteraria alguma coisa neste roteiro?
    (Sei que gastarei muito com passagens aéreas, até tentei conciliar minha movimentação dormindo no trem, mas, para isto, eu só faria se fosse durante a noite (matava dois gastos de uma vez) e não perderia horas em viagens. Usando o Google, o único trecho que encontrei viagem a noite, foi Roma Veneza (e se tem uma coisa que eu farei, será cruzar este caminho em uma ferrari ou Lamborghini) nos demais, perco a manhã, ou perco a tarde…

    Obrigado e um abraço,

    Gustavo

    Reply
  8. Franciele

    Olá Robson,

    Nossa, o teu blog caiu do céu rsrsrs estou planejando uma trip pela Europa para o próximo ano e todas essas tuas dicas estão sendo de grande valia!!! Parabéns e obrigada por compartilhar conosco, apaixonados por viagens, as tuas experiências.
    beijos

    Reply
  9. Alex

    Robson Bom Dia.

    Muito bacana teu blog , parabéns!!!!
    Cara vou viajar para Roma em janeiro do ano que vem. Vou ficar na casa de uma tia minha, e minha primeira vez que saio do Brasil.
    É Realmente necessário o seguro viajem? Pois o que me confunde que há muita distorção neste assunto quando busco informações de algumas pessoas.. Poderia me ajudar neste caso?
    Poderia me ajudar também quais os melhores lugares que eu posso visitar em 14 dias de viajem?

    Obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Alex, fico feliz que tenha gostado do blog!!

      Então, o Seguro Viagem é obrigatório sim e bem importante. Ele é uma exigência para você entrar na Europa, então é melhor não arriscar nesse sentido. Caso o fiscal da imigração solicite e você não tenha, é muito provável que tenha problemas.

      Aproveite para ver o post sobre Seguro Viagem, nele você encontra um cupom com 15% de desconto. Assim já garante um seguro mais em conta

      http://bit.ly/seguroViagem

      Sobre os lugares para você visitar, no blog tem várias dicas e estou preparando um post com um roteiro por Roma, vai ficar show!! Em breve entra no ar

      Reply
  10. Mara

    Robson, geralmente em sites como booking podemos fazer reservas em hostel e pagar apenas quando chegamos lá, estas reservas não pagas servem como comprovante? Grata

    Reply
  11. Carlos Eduardo

    Olá Robson!

    Farei uma viagem de 60 dias pela Europa. Irei desembarcar na Itália e passarei uns dias com uma tia que mora em Milão (ela é cidadã italiana e seu marido é italiano nato).
    Você disse que devo apresentar uma carta convite na imigração, certo? Como faço para preencher essa carta? Os meus tios terão que preencher a carta e enviar para mim?

    Grato!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Carlos.. então, mas você vai passar os 60 dias na casa da sua tia? Pois assim, a carta convite é meio chatinha… Na verdade é a sua tia que terá que fazer ainda terá que registrar essa carta por lá. Eu aconselho você fazer algumas reservas pelo booking mesmo e apresentar elas como comprovante de estadia. Não precisa ter todas as reservas de todas as cidade. Nesse caso você também não menciona que conhece alguém na Europa. Assim o precesso fica mais simples.

      Lembre-se que o Seguro Viagem é obrigatório para entrada na Europa. Eu tenho uma parceria com a Mondial e você recebe 15% de desconto na contratação do seu seguro. Lembre de entrar no site da Mondial através dos links do blog, e acesse esse post para pegar o código de desconto: /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa/

      Qualquer dúvida estou a disposição!!

      Reply
      1. Carlos Eduardo

        Eu já fiz o seguro. Esse desconto deu uma ajuda boa! hahahaha
        Não ficarei os 60 dias com minha tia. Passarei cerca de 35 dias viajando, logo, terei os comprovantes de reserva de todos os hostels que ficarei. Você acha que isso é suficiente?

        Reply
  12. Joice

    Oi Robson!
    Sabe se eu posso ficar os 3 meses limites sem o visto, na Holanda por exemplo, daí sair passando na imigração e depois “dar entrada” na França e ficar mais 3 meses?
    Seriam 3 meses em cada país que faz parte do Tratado de Schengen, mas são países diferentes. Sabe algo a respeito?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Joice, vou tentar descobrir essa informação e te aviso aqui… realmente não sei como funciona dessa forma… Eu acho que não é bem dessa maneira, pois Holanda e França fazem parte do tratado de schengen, então você acaba nem passando pela imigração entre um e outro. Mas vou confirmar isso pra você…

      Reply
      1. Amanda

        Oi Robson, eu estou com a mesma dúvida da Joice. Quero ir para a Europa, pretendo ficar 3 meses em Londres e depois mais 3 meses viajando pela Europa. Como funciona a questão da passagem de volta? Pois ela estará com a data maior que os 90 dias.

        Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Amanda, tudo bom?? Olha, vou ter que dar uma pesquisada sobre isso… porque no seu caso… ficar 3 meses em Londres e viajar mais 3 na Europa é um pouco diferente. O permitido por lá, como turista, é ficar 90 dias…. os meus amigos que ficaram mais foram como estudantes…então teria que ver certinho como funciona nesse seu caso… Vou tentar descobrir…

          Caso você descubra alguma coisa me avisa aqui…. é sempre bom saber!! Beijoo!!

          Reply
  13. Camila

    ei Robson !

    vou casar em dezembro do ano que vem, e queríamos muito viajar, fazer um mochilão pela Europa. vamos em 4 pessoas, e nunca saímos do Brasil também…. tem alguma dica do que temos que fazer? estou um pouco insegura pelo fato de nunca ter saído do brasil

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Camila… pode ir tranquila. Sei que a primeira viagem acaba dando um certo medo, mas pode acreditar que tudo vai dar certo. Aqui no blog tem muitas dicas par que vai viajar pela primeira vez.Então minha dica é para você ler tudo que puder e qualquer dúvida perguntar aqui.

      Reply
  14. Flávia

    Olá Robson,
    Muito obrigada pelas dicas. É a primeira vez que estou indo para a Europa, então estou aprendendo ainda. Mas estou com uma dúvida terrível. Quando comprei minha passagem pela Decolar.Com, eles me deram a opção de comprar o seguro-viagem conjuntamente. Então comprei, mas recebi o voucher em português! No voucher tem meus dados, a logo do Assist Card, e a tabela de valores que cobrem minha estadia (em euros, com o valor de 30.000E) e o período de abrangência. Mas tudo em português. Não sei como conseguir esse documento em inglês, você acha que posso ter problemas na imigração?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Flávia.. acredito que você não vai ter problemas.. mas confesso que não sei como é o Seguro da Decolar. Verifique se você tem um código do seguro e um número de contato, pois é importante caso você precise utiliza-lo. Qualquer dúvida pode também entrar em contato diretamente com a empresa que emitiu o seguro.

      Reply
  15. Jhulyo

    Tenho muita vontade de conhecer alguma cidade na Europa tipo Londres,Amsterdã,Roma, são algumas das cidades que so de olhar na web eu já fico encantado imagine ir visitar para mim vai ser uma experiência única na minha vida com certeza,eu nunca fui mas ando lendo muito sobre este assunto, e o blog aqui ajudou bastante to mais por dentro agora, e em breve vou realizar este sonho de conhecer uma dessas três cidades lindas na Europa, valeu pelas dicas,conterrâneo!

    Reply
  16. Rafael

    Robson, aproveitando da sua boa vontade e conhecimento…
    Passagens compradas, passaporte em dia, comprovação de renda Ok.
    Agora, a respeito da estadia. Se a idéia é fazer um mochilão. Como apresentar reservas de hoteis? A idéia é justamente vagar pela europa, com alguns objetivos, mas sem datas especificas. Não quero estar dia x obrigatoriamente em tal lugar, por exemplo.
    Essa questão das reservas é realmente mandatória? Posso ser barrado em alguma imigração por causa disso?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Rafa, então… o comprovante de hospedagem pode ser solicitado sim.. não dá pra saber sua entrada pode ser negada por conta disso. Mas é ideal você ter uma reserva de hospedagem para pelo menos a sua primeira cidade. Acho que com isso você já vai mais tranquilo.

      Não esqueça do Seguro Viagem. Lembre que aqui no blog os leitores ganham 15% de desconto com a Mondial e você ainda ajuda o blog. Nesse post tem o código com o desconto… lembre de entrar no site da Mondial através dos links do blog /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Reply
  17. Camila Aguiar

    Olá Robson, vou para a Itália no dia 24, ainda não tenho seguro de viagem, você ainda tem o desconto com a mondial?
    Outra coisa, vou ficar 30 dias na casa do meu namorado, é melhor eu fazer umas reservas ou ele fazer a carta? E sobre o dinheiro que tem que levar, 1800 euros pra um mês? é mesmo arriscado não levar isso?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Camila, tudo bom?? Tenho o desconto de 15% sim… o código está nesse link: /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa/

      Lembre de entrar no site da Mondial através dos links que estão no blog. Assim você dá uma ajuda para o blog

      Então, sobre a carta… tem que ver pra fazer bem certinho. As vezes fazer a reserva é ainda mais simples.

      1800 euros para um mês é ótimo. São 60 euros por dia, eu acredito que você ainda ver ter um sobra pra fazer umas comprinhas. Mass, claro, isso vai depender do seu estilo de viagem e programas que vai fazer

      Reply
  18. Eliana

    Olá Robinson, sigo seu blog há algum tempo principalmente sobre o assunto imigração. Embarco amanhã dia 20 para Roma via Madrid. Já li tudo sobre a questão de passar na imigração, mas é nossa primeira vez, então, queremos que tudo ocorra certinho. Passaporte, comprovante de passagens ida e volta, seguro viagem, reservas dos hotéis! Bilhetes dos trens, trecho aéreo, passeios reservados, roma pass, transfer aeroporto/hotel… Ufa! Será que está tudo ok?
    Dê uma dica de como fazer com os valores e documentos, cartões de crédito, guarda no cofre ou carregar junto? Nosso roteiro é Roma, Florença, Veneza, Milão, Paris. Pelo que li, Paris é mais perigoso do que as cidades da Itália?

    Te agradeço!

    Aguardo resposta
    Eliana Mendes

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Eliana.. que legal que acompanha o blog… fico super feliz em saber!! Acho que você está com tudo super organizado.. vai fazer uma viagem incrível, pode ir tranquila que tudo vai dar certo!

      Sobre os valores e documentos.. eu não sou muito de guardar em cofre de hotel. Depende muito da quantia… as vezes prefiro deixar escondido até na mala. Mas na maioria das vezes eu carrego comigo, em uma doleira, que deixo por dentro da calça.. junto com passaporte também.

      Sobre Paris ser mais perigoso que as outras… não acho não… na verdade para nós, brasileiros, é tranquilo por lá. Basta ficar atenta e não cair em golpes básicos que rolam em qualquer cidade do mundo. Eu confesso que não senti medo em nenhum lugar… Faça um incrível viagem e depois volta aqui para contar como foi!!!

      Abraçooo!!

      Reply
  19. Cleiton

    Olá Robson! Super bacana seu blog…ótimas dicas!
    Eu e mais 3 amigos faremos um mochilão pela Europa em junho. Entraremos por Londres, não ficaremos muitos dias, as reservas de hostel já estão ok. Depois de passarmos por Dublin, Paris, Canes, Amsterdã, Roma, Assis, Perugia, Veneza, retornaremos para Londres e embarcaremos num voo para o Brasil logo no dia seguinte. Tenho dúvida no seguinte: como Londres não faz parte do espaço schengen, ficaremos poucos dias na cidade e ao final da viagem retornaremos, isso pode ser algum problema, referindo-me á imigração?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Cleiton, tudo bom? Que viagem incrível hein?? Muito top! Não, você não vai ter nenhum problema… apenas vai ter que passar novamente na imigração quando entrar em Londres novamente… mas como já está lá dentro é bem tranquilo.

      Deixa eu te lembrar que o Seguro Viagem é obrigatório. A Mondial, parceira aqui do blog, tem opções de Seguro focado em mochilão. Os leitores do blog tem 15% de desconto. Você pode pegar seu cupom de desconto no post: /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa/

      Lembra de entrar no site da Mondial através dos links aqui do blog, assim você ainda ajuda o blog e não gasta nada a mais por isso

      Valeuu.. grande abraço!!

      Reply
  20. Rosangela

    Olá Robson, tudo bem?
    Muito bom teu blog com informações relevantes, parabéns!
    Irei para Espanha, La Corunha em julho, mas ainda não sei se entrarei pela Espanha ou Portugal (vai depender dos preços das passagens rs), ficarei hospedada com carta convite e pretendo ficar o tempo que nos é liberado (até 90 dias). Gostaria de saber, por gentileza se há algum valor mensal que devemos comprovar. Grata e abraços!

    Reply
  21. Davi

    Olá Robson, tudo bem? Estou indo viajar para a Europa em Julho e devo ficar uns 20 dias. Vou para a tomorrowland.
    Já comprei os ingressos, vou ficar na Dream Ville nos dias do festival. Inicialmente vou entrar pela Ítalia, pois tem um amigo meu morando na Italia. Já pedi pra ele me enviar uma carta-convite. Vou ficar uns 3 dias por lá, em seguida vamos para Belgica. Acabando o festival vamos fazer um tour em Paris, Amsterdam, Croacia, etc, Vou reservar todos os hoteis e comprar as passagens entre os países.
    Até então tudo bem, mas estou com muito medo a respeito da imigração, porque aqui no Brasil não trabalho com carteira assinada, sou autonomo e trabalho com vendas pra uma produtora. Na imigração posso ser barrado por não ter emprego fixo? Porque já comprei basicamente tudo e fico com medo de perder a viagem, além do mais que estou indo sozinho. Por favor me de dicas para que ocorra tudo bem. Aguardo, muito obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Davi… bom, antes de tudo é legal você ler esse post aqui: /guia-viajante/1942-perguntas-frequentes-na-imigracao-da-europa

      Pelo que você me falou eu posso te dizer que você não tem com o que você se preocupar. Eu também fui sozinho pra ela e não tinha carteira assinada. Até me perguntaram o que eu fazia no Brasil, eu respondi – sou designer… Ele então perguntaram: e o que faz um designer, e eu disse: várias coisas, anúncios, cartões de visita…

      Foi basicamente isso. O segredo é não mentir. Fale a verdade e pode ir tranquilo que você vai ver que a entrada é bem tranquila.

      Grande abraço!!

      Reply
      1. Davi

        Ótimo Robson, você conseguiu me tranquilizar. Vou ler o texto no link.
        Você indica algum país por qual devo entrar? Ou basicamente é tudo igual? Porque estava olhando pela TAP porque fazem conexão em Portugal e pensei que seria mais fácil na comunicação, mas estou vendo em outras empresas voos mais baratos, mas ai fica mais uma dúvida. Se é melhor pela TAP mesmo ou comprar por qualquer outra empresa. Muito obrigado!

        Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Davi… na verdade eu sugiro que você procure pela passagem mais em conta…. e não se limite pensando na imigração. Alguns dizem que Portugal e Paris são mais fáceis, outros dizem que Inglaterra e Espanha são mais difíceis. Mas a verdade é que se você fizer tudo certinho, eles não tem porque te barrar. Então vai ser a mesma coisa em qualquer um deles…

          Grande abraço!

          Reply
  22. Renato

    Pow Robson, Blog excelente, parabens de verdade! Pode tirar uma duvida? Cara, estou indo para a Europa daqui a 7 meses junto com minha namorada, minha duvida maior e que não acho em nenhum lugar, é com relação a este maldito comprovante financeiro! Eu sou autonomo, e não uso conta bancaria, nem cartão…mas minha namorada tem cartão de crédito internacional com um limite alto, posso usar o cartão dela como comprovante…já que nós viajaremos juntos? Forte abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Renato.. tudo bom? Eu também fiquei com medo em relação ao comprovante financeiro. Na época levei uma quantia em espécie (recomendo que leve também). Aí eu levei uma boa parte do valor no VTM, mas hoje ele já não vale mais a pena. Eu também levei minha fatura de cartão de crédito, onde consta o limite do cartão. Essas faturas não foram solicitadas, apenas mencionei que tinha cartão de crédito. Acredito que você mencionar dizendo que tem um cartão de crédito com sua namorada não vai ter problemas. Eu já vi alguns casais irem juntos até a fiscal da imigração, para serem atendidos juntos. Vocês podem tentar fazer isso, quando for a vez de uma já vai os dois… Mas acredito que não vão ter problemas…

      Reply
  23. Renato

    Robson, irei a europa daqui a 7 meses, mas tenho duvidas com relação ao comprovante financeiro, pode me ajudar? Sou autonomo e não tenho conta em banco, como irei viajar com minha namorada posso utilizar o limite do cartão de crédito internacional dela como comprovante? Já que tem um limite alto? Forte Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Renato.. eu também não tinha um comprovante financeiro e isso me deixou com medo. Na época levei uma quantia em espécie (recomendo que leve também). Aí eu levei uma boa parte do valor no VTM, mas hoje ele já não vale mais a pena. Eu também levei minha fatura de cartão de crédito, onde consta o limite do cartão. Essas faturas não foram solicitadas, apenas mencionei que tinha cartão de crédito. Acredito que isso basta e você não vai ter problemas…

      Reply
  24. Larissa

    Olá Robson, gostaria da tua ajuda, se souber responder. Sou de São Paulo e vou em dezembro passar as férias na casa do meu namorado português que mora em Portugal, o problema é que sou estudante e não trabalho, e vou p lá com carta-convite, onde tem que preencher com a profissão. O que devo preencher? Estudante? E em relação ao comprovante financeiro, mesmo indo como convidada preciso declarar a quantia exigira pelo país por dia de estada? ou meu namorado precisa declarar isso mandando p mim junto c a carta-convire um comprovante financeiro dele?
    Desde já muito obrigado :,)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lari… no seu caso são dúvidas bem específicas. Eu acho que você deve preencher que é estudante sim. Sobre o dinheiro, caso eles perguntem, diga o quanto você tem. Como você já vai estar entrando com uma carta convite, eu acredito que eles já entendem que você vai gastar menos.

      Se quiser se sentir mais segura, você pode ligar no consulado para tirar essas dúvidas

      Reply
  25. Bruno

    Olá Robson,

    Parabéns pelo blog!!!
    É muito enriquecedor e graças as dicas vamos incluir Lucerna em nossa viagem…
    Queria tirar uma dúvida Você falou dos custos entre 45-60 euros/dia. O que você inclui nessa despesa???
    Saudações
    Bruno

    Reply
  26. Bruno

    Olá Robson, seu blog e ótimo Parabéns. Veja se pode me ajudar, eu comprei minhas passagens pelo submarino viagens e a única coisa que tenho para o checkin eh o número do localizador, indicado no próprio email. No caso da passagem de volta, eles aceitariam isso como comprovante? Um abraço, obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bruno.. eu nunca comprei pelo Submarino viagens, mas acredito que é isso mesmo sim… vai servir como seu ticket de volta.

      Grande abraço!!

      Reply
  27. dani

    Oii boa tarde.

    Gostaria muito de tiirar minha duvida com voce… gostei bastante das suas dicas e a minha pergunta é a seguinte:
    Meu namorado é italiano esta em Milao e vai comprar a passagem para mim. O que ele necessita de documento meu para comprar?? E após comprar ele precisa me enviar o que?? Beijos e muito obrigada desde já.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Dani.. tudo bom? Me diz uma coisa, ele vai comprar a passagem onde? Em algum site? Normalmente os dados solicitados para compra são seus dados normalis (RG, CPF, endereço)… e as vezes pedem o número do passaporte, mas tem companhias de deixar apresentar o número do passaporte depois da compra.

      Espero ter ajudado, qualquer coisa grita

      Reply
  28. Tiago Mendes

    Olá Robson, parabéns pelo blog!
    Eu tenho uma dúvida, como eu devo apresentar a passagem de volta se o check-in ainda não foi feito? Essa parte eu não entendi.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Tiago, tudo bom? Primeiro obrigado pelo elogio!!

      Então, é só você imprimir o seu e-tickt sabe? Que você apresenta para fazer o check-in de ida… nele tem as informações do seu vôo de ida e volta – essa também é sua passagem de volta. Basta apresentar isso caso eles solicitem.

      Um abraço!! Qualquer dúvida é só gritar!!

      Reply
      1. Tiago Mendes

        Ahh sim, perfeito! Valeu pela dica.
        Tenho uma outra pergunta, você chegou a levar/fazer alguma carteirinha de vacinação? Na Europa eles não chegam a exigir, certo?

        Reply
        1. Robson Franzói

          Fala Tiago, tudo bom? Eu tenho a carteirinha internacional com minha vacina da febre amarela… eu sempre viajo levando ela, mas não, não é obrigatório para a Europa…

          Grande abraço!!!

          Reply
          1. Tiago

            Grande Robson, mais uma vez obrigado!
            Não sei se cabe aqui essa pergunta, qual o procedimento para levar eletrônicos pessoais (tablet, câmera fotográfica) nessas viagens internacionais? Preciso declarar que realmente são minhas e de uso pessoal pra não cair na cota dos U$500? Qual o procedimento para não ter problemas? Abs

          2. Robson Franzói

            Fala Tiago, tudo bom? Um tempo atrás você tinha como declarar o que estava levando…. no aeroporto mesmo, mas não sei se isso ainda está valendo. Por garantia você pode levar a nota fiscal de cada item, assim garante que não vai ser taxado pelo que você já comprou no Brasil.

            Grande abraço!

  29. Josi

    Oii, nunca viajei para Europa, queria sabe se faço meu passaporte antes ou se faz na hora?!
    E que documentos preciso?”

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Josi.. então, você precisa tirar o passaporte antes sim!! É levar ver isso com alguns meses de antecedência, pra fazer tudo com calma… Nesse link do site da Polícia Federal você encontra praticamente tudo que precisa para fazer seu passaporte: http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/passaporte

      Se tiver alguma dúvida é só me deixar um recado por aqui

      Reply
  30. DEYSIANE

    ola robson
    adorei seu blog .
    preciso de alguns conselhos seus :
    estou indo viajar para lituania ,e minha primeira viaje internacional ,vou ficar na casa de um amigo, tens algum modelo de carta convite que indique para que ele faça pra mim .e outra não uso cartão de credito ,como faço pra com provar a renda ,tenho r o dinheiro precisa de algum documento ,estou com duvidas .

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Deysiane, tudo bom? Eu não tenho um modelo de carta convite por aqui, mas vou tentar conseguir um para postar aqui no blog!!

      Na verdade você não precisa necessariamente de um cartão de crédito… mas caso eles perguntem sobre o dinheiro, você precisa dizer quanto está levando. Se você for levar tudo em espécie, basta dizer o montante.. se eles pedirem pra ver é só mostrar… Se for levar uma parte no VTM, basta imprimir um extrato do cartão…

      Qualquer coisa dá um grito!!

      Reply
  31. Rômulo

    Cara, parabéns pelo seu blog! Tenho duas dúvidas. Se vc puder me ajudar, seria ótimo.
    1) Tô indo para Paris e farei conexão em Amsterdam. Além desses documentos, há alguma exigência a mais para entrada na Holanda?

    2) No retorno, também farei conexão de quase 24h em Amsterdam e queria aproveitar pra conhecer a cidade. vVocê recomenda se hospedar próximo ao aeroporto ou no centro nesse caso?

    Desde já, obrigado!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Rômulo, beleza?? Valeuuu pela mensagem!! Bom, vamos lá:

      1 – Não precisa de nada diferente para entrar na Holanda… Mas provavelmente você vai passar na imigração tanto em Amsterdam quanto em Paris…
      2 – Difícil decidir… tem que ver o horário do seu vôo para o Brasil.. mas acho que eu ainda prefiro ficar hospedado na região central da cidade, pra você conseguir ir facilmente para os lugares…. e depois ir pro aeroporto com alguma antecedência… Acho que seria uma boa opção…

      Qualquer dúvida dá um grito!! Abraço!!

      Reply
      1. Romulo

        Ceeerto! Valeu mesmo pela informação. Chegarei em Amsterdam lá pelas 16h e o voo para o Brasil será só 10h da manhã do dia seguinte. Realmente, to achando melhor me hospedar na região central. Obrigado!

        Reply
  32. cleide

    Olá Robson, poderia me esclarecer algumas dúvidas? Vou viajar para o Porto, vou fazer conexão em Frankfurt, preciso passar pela imigração? O meu marido tem passaporte português eu não, será que vou ter problemas lá? Não falo nada de inglês…

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Cleide, olha, eu já vi vôos que fizeram conexão e foi necessário passar pela imigração e também outros que não precisaram… Acho que quando o você só está em transito não precisa, mas o melhor é pensar que sim, vai ter que passar duas vezes… Mas pode ir tranquila, sobre a questão do passaporte eu não vejo o que teria de problema…. Se te fizerem perguntas normalmente são simples, da pra se virar no básico do inglês mesmo

      Reply
  33. Valmir Sales

    Robson estou pensando em viajar janeiro de 2016 mais eu quero e visitar todos os países e volta para o primeiro país so no dia que volta… como resevar hoteis pelos paises como saber os hoteis?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Valmir, dá pra fazer a viagem assim sim… Você pode comprar sua passagem com múltiplos destinos, assim você pode chegar por Paris e voltar por Roma, por exemplo…. E normalmente existe uma escala na primeira cidade.

      Os hotéis você pode encontrar nesse link: http://www.booking.com/?aid=375355

      Qualquer coisa dá um grito!

      Reply
  34. mari

    Oi! Adorei o post! Ja tirou muitas dúvidas!
    Quanto à comprovação do dinheiro suficiente pra se manter na europa, a fatura do cartão de crédito, saldo em conta ou saldo do VTM tem que ser em ingles? Se sim, como conseguir?

    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mari, tive a mesma dúvida e acabei levando em português mesmo. Não tive problemas… Tinha apenas em memória quanto é, por exemplo, o limite do seu cartão convertido em euros… Sei lá, caso eles perguntem, já que vai estar em reais… Diga quanto é mais ou menos em euros…

      Reply
      1. mari

        Nossa obrigada pela resposta e pela dica Robson! Tô mais tranquila agora! Vai ser minha primeira viagem à europa e essa era uma das minhas preocupações! Muito legal vc ter a gentileza de responder todas as perguntas aqui! ^ ^

        Reply
  35. Renan

    Olá Robson. Bacana o teu blog, ainda não conhecia. Cara, pretendo viajar para a Europa em setembro e talvez ficar até novembro. Vou me hospedar na casa de um primo que faz doutorado na França e pretendia que ele fizesse uma carta convite para eu poder entrar dessa forma no país. Porém ele foi na prefeitura e a informação que ele obteve lá foi que só seria possível fazer uma carta convite quem possuísse um visto de residente da União européia, e não alguém que possui um de estudante (que é caso do meu primo). Eu estou DESESPERADO desde agora, pq não sei que jeito vou dar nessa situação. Pq não faz sentido eu ter que pagar um lugar pra ficar, sendo que alguém pode me oferecer isso (no meu caso, um parente). Sei que pode ser que nem me perguntem onde vou ficar, mas e se perguntarem? não quero que nada arruíne o meu sonho, que é ter uma experiência como essa. Então, o que tu me indicaria fazer? Abraços.

    Reply
  36. Joanne

    Oi Robson,tdb? Estou indo para minha primeira viagem internacional. Vou passar 9 dias na França com meu namorado, entrando por Lisboa, mas estou com medo de não ser aceita, já que não tenho comprovante que trabalho. Tenho passagens compradas, o hotel já está pago, vou comprar o seguro certinho, mas soube que existe um “cuidado” a mais quando é mulher que entra no país. Tenho mais que a quantia que eles pedem, tenho cartão internacional e cartão de viagem. Também devo levar comprovante de vínculo com a especialização, caso ajude. O que mais posso levar para não acabarem com minha viagem antes dela começar? Ajuda estar acompanhada e usar aliança? Também estou esperando ser chamada em um concurso que passei, devo levar comprovante disso? Caso perguntem em que trabalho, digo apenas que sou estudante ou posso falar que trabalho com fotografia, mesmo não tendo carteira assinada? São muitas dúvidas e medos. XD

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Joanne, desculpa a demora para te responder, estava viajando pela Ásia. Estou no avião agora voltando para o Brasil… Então, acho que você pode ficar tranquila em primeiro lugar… Você tem mais do que o necessário para entrar lá… Sobre a questão do trabalho, pode falar que é fotógrafa sim ou só estudante. Quando me perguntaram o que eu fazia no Brasil eu respondi: sou designer… Ai eles perguntaram o que faz um designer.. Eu respondi bem resumidamente e foi suficiente… Eles não pediram nada que provasse que eu fazia aquilo. Eu acho que você já tem praticamente tudo que precisa e até mais… Não dá pra dizer se aliança ajuda, mas se é algo que você usa, vá com ela.. Apenas seja natural.. Você mesma.. Você não precisa mentir em nada.. Vá tranquila que vai ser mais simples do que você pensa

      Reply
  37. Fernanda

    Robson estou pretendendo viajar para França em julho… Está será minha primeira viagem internacional… Tenho algumas duvidas como: o passaporte posso fazer em minha cidade… Mas preciso de carimba-lo ou levá- lo em algum lugar para eu informar qual o meu destino?
    Também gostaria de saber se indo para França de lá posso ir em outros países da Europa? Ficarei lá por uns 25 dias.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Fer, tudo bom…. Para mais informações sobre o passaporte você pode acessar esse link: http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/passaporte

      Sobre levar em em algum lugar ou informar o seu destino, não é necessário não… Bastar em ele em mãos e dentro da validade para ir para Europa – juntos com os outros documentos que mencionei nesse post

      Qualquer dúvida é só me avisar….

      Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Fer, pode sim…. E no caso dos países que fizerem parte do tratado de schengen você nem precisa passar novamente pela imigração, só passa no primeiro país..

      Reply
  38. Bárbara

    Oi Robson,

    Vou viajar agora em Junho para Europa, começando em Londres-Paris-Roma-Veneza-Londres. Gostaria de saber se além das documentações acima que você informou, se é necessário levar carteirinha de vacinação ou comprovante de alguma vacina em especifico. Outra coisa, comprei as passagens aéreas e lá não solicitaram numero dos documentos, sabe me dizer se é normal? se será solicitado só no chekin mesmo?! Obrigada.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bárbara, tudo bom? Não existe vacina obrigatória não. Eu tomei a vacina da febre amarela e fiz a versão do comprovante internacional, por mais que eu nunca tenha usado ela na Europa, eu já usei no Chile/Bolívia e também na Ásia…. é uma vacina válida por 10 anos, então quando você puder tomar e já deixar isso certo, já é uma mão na roda.

      Você recebeu seu e-ticket por e-mail? Se recebeu, tá tudo certo, não precisa se preocupar

      Reply
  39. eliane

    Aproveitando demais suas dicas!! Viajo para a Espanha dia 15 out 2015, permaneco ate dia 30. Qual a temperatura mais ou menos vou encontrar la? Outra duvida seria quanto utilização de wifi, é fácil conectar-se a rede? É a minha primeira viagem internacional, muitas duvidas eu ja tirei aqui no seu blog!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Eli, tudo bom? Desculpa a demora para te responder, ainda estou me organizando com a volta da minha viagem pela Ásia. Olha, em outubro já começa a rolar um friozinho… mas depende muito de ano para ano. Eu imagino que vai ser muito parecido com Março, que é a época que eu fui em uma das viagens. O wi-fi você vai ter nos hotéis/hostels com facilidade… na rua é mais difícil você encontrar wi-fi liberado – até achei em algumas praças de Paris. Mas em restaurantes, lanchonetes, você normalmente encontra. Uma dia é a Starbucks – eles sempre oferecem wifi…. Qualquer outra dúvida é só dar um grito

      Reply
  40. severina

    Oi Robson, tudo bem? preciso tirar uma dúvida; meu filho é militar da \marinha e está morando na França á 6 meses e vai ficar mais 1 ano e meio a trabalho. Volta ao Brasil depois. Irei lá visitar em Outubro ficando 15 dias lá. é preciso ele mandar carta convite ,ou não é necessário? eu não trabalho fora ,sou casada e dependo da renda do meu marido.Não sou titular do meu cartão tem problemas? só falta fazer o seguro viagem e pegar meu passa porte que já dei entrada ,tô morrendo de medo pois só falo Português . me ajude me dando dicas , e tb. vou sozinha . Já estou gritando antes do tempo. Fico muito agradecida pelas informações.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Severina, tudo bom? Olha, eu não gosto muito de carta convite… acho um processo complicado.. Pelo que eu entendo de carta convite, o seu filho não vai poder te mandar uma se ele está lá só a trabalho. O ideal é você fazer uma reserva em algum hotel, mesmo que você cancele depois…. A carta convite só pode ser feita por quem tem a nacionalidade e vive no país…

      O cartão de crédito tem o seu nome nele? Você não é titular mas é dependente, certo? Acredito que não vai ter problemas com o cartão. Faça o seguro viagem sim, é super importante e obrigatório na Europa. Aqui no blog eu tenho um cupom que dá 15% de desconto, pega ela aqui nesse post: /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa/

      Tente ficar tranquila… você está indo como turista… A melhor dica é sempre falar a verdade… A única coisa que você precisa ver é um hotel para fazer sua reserva, vai ser bem mais simples do que a carta convite… Depois você cancela sua estadia…

      Espero ter ajudado

      Reply
  41. William

    Oi Robson msm com a carta convite eu tenho que mostrar os comprovantes bancários ou até msm dinheiro?
    Obg

    Reply
    1. Robson Franzói

      Olha…. talvez eles perguntem se você tem dinheiro, afinal, tem que se manter de alguma forma por lá. Nem sempre é necessário mostrar esses comprovantes e digamos que você está indo por convite de alguém que vai pagar tudo, você pode dizer isso – falando da pessoa que te mandou a carta… pode dize também que tem um cartão de crédito para emergências… é sempre bom mostrar segurança…. Acredito que não vai ter problemas

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito por aqui

      Reply
  42. Isabel Cristina

    Olá, Robson.

    Nossa! Viajei pelo teu blog em busca de alguma questão/resposta que fosse parecida com a minha, mas não encontrei. Muito legal o teu suporte para nós “nômades”. Já sou aposentada e quero viajar bastante. Então pensei em morar um tempo em cada país da Europa. Você tem alguma informação como posso fazer isto sem problemas??? A questão maior é a data de retorno da passagem e a cidade, pois não tenho ideia de um roteiro “definitivo”. No geral seria morar até 90 dias em um país e mudar para outro. Grata pelo blog e pelo teu retorno. Abraços.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Isabel… que legal esse seu sonho, de verdade mesmo!! Então, eu não sei te dizer exatamente como é essa questão de morar por mais tempo assim em cada país… O tempo para turistas ficaram na Europa é 90 dias – independente de quais países você visitar (falando nos países que fazem parte do tratado). Esses países que fazer parte do tratado tem a contagem de dias corrido…. você pode ir de um para o outro, mas o total é 90 dias…

      Tem muitas pessoas que ficam por mais tempo com entrada para estudar.. fazer intercâmbio e tal… Eu vou ver se descubro mais alguma coisa e te aviso por aqui…

      Obrigado pela visita, abraços!!

      Reply
  43. Jonatas

    Ola Robson!!! Nossa parabéns pelo site mais uma vez hehe sempre entro aqui para ler suas atualizações. Muito bom.

    Então, você me dar uma dica de como organizar a documentação para a trip? Estarei indo para Europa em outubro e passarei uns 45 dias, e estou com todos os trechos, reservas de hostes e muitas atrações compradas…. bastante folha kkkk Estou pensando de ao inves de pastas, eu encadernar todas as reservas como: roteiro, documentação, atrações e etc….Tipo: começar com as passagens de ida e volta (pela TAP) , seguido de comprovantes financeiros, declaração de trabalho, roteiro da trip e depois ir colocando por ordem de cidade que passarei todas as reservas de hostels, deslocamentos e atrações. . . que você acha?

    Obrigado, Robson

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Jonatas, tudo bom? Pode ser uma boa ideia sim!! Eu costumo separar em plástico – aqueles pra colocar folha A4.. depois coloco os plasticos em pastas. É muito bom deixar tudo na sequência que você vai usar, isso ajuda muito!! Conforme eu vou usando, vou jogando as folhas fora…

      Obrigado pela mensagem e por acompanhar o blog… um grande abraço!!

      Reply
  44. Patricia

    Oi,estou querendo fazer um mochilão pela europa,pegando carona .Não estou trabalhando,mas tenho um dinheiro guardado(por enquanto não tenho cartão de crédito) e tenho alguns piercings .Se eu disser que tirei um tempo para viajar ,mostrar passagem de volta e fatura de cartão (que vou pedir para o banco e comprar as passagens e fazer o seguro), eu tenho chance de entrar sem problemas ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pati, tudo bom? Eu acredito que se fizer tudo isso não vai ter problemas não…. lembre de fazer uma reserva e levar o comprovante, caso eles perguntem onde você vai ficar….

      Qualquer coisa é só dar um grito aqui

      Reply
  45. Laís

    Bom dia, Robson!

    Adorei seu post, muito descontraído, porém direto! Eu estou apenas com uma dúvida que nao estou ocnsegiundo achar em outros lugares. Eu e minha namorada vamos viajar para França e Alemanha, e reservamos os hoteis em Paris (em meu nome) e Berlim (no nome dela) pelo booking.com, porém fiquei na duvida, cada uma terá o comprovantes de hotel das duas cidades, mas para ela a reserva de Paris estará em meu nome, e para mim a reserva de Barlim estará com o nome dela. Voce acredita que isso seria um problema? Ou passamos juntas com o pessoal da imigração? Já viajei antes mas sempre sozinha, e agora teho algumas novas dúvidas!

    Obrigada!!!!

    Reply
    1. Laís

      Aaah, uma outra dúvida que esqueci de adicionar, antes de Paris e Berlim, ficarei na casa de uma familia que fiquei há alguns anos quando fiz intercambio de estudante. E pedi pra eles verem sobre essa carta, porém ela custa 45 euros para pegar na prefeitura da cidade de lá, e também é super burocratica. Eu tenho a passagem de volta, seguro, enfim, tudo que voce listou no post, acha que eles encrencaram com isso?

      De novo, muito obrigafda, e é muito legal e muito bom ver que você da um feedback pra todos por aqui!! Boa sorte!

      Reply
      1. Robson Franzói

        Oi Laís, então… eu acho que você pode deixar a carta de lado… eu acho ela muito chata mesmo…. Mas não iria sem ter um hotel reservado…. então é legal reservar algum hotel, hostel…. mesmo que depois você cancele…. Na minha primeira viagem eles perguntaram onde eu ia ficar, ai eu respondi e mostrei a reserva impressa – booking mesmo.

        Espero ter ajudado, qualquer coisa dá um grito

        Reply
  46. Renan

    Gostaria muito de saber,e urgentemente, se terá q mostrar o Certificado de Reservista quando chegar em um aeroporto na Europa,ou se apenas o Passaporte em dia simboliza q a pessoa está quite com o Exército Militar ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Renan, tudo bom? Na verdade você só mostra o seu certificado de reservista para tirar o passaporte, não precisa levar ele pra Europa… Espero ter respondido a tempo…

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito!! Abraço!!

      Reply
  47. Bia

    Olá Robson,

    primeiro de tudo parabéns pelo seu blog. Estou adorando!
    Vou para Europa em novembro e estou com algumas dúvidas.
    Ficarei em Amsterdã, Munique, Paris e Barcelona e em todos esses lugares eu aluguei apartamento via Airbnb. O comprovante de aluguel do site é equivalente a reserva de hotel? Nesse caso eles não consideram como “casa” né? Não precisa de nenhuma carta?
    Outra dúvida. Eu voltarei para o Brasil de navio. Pegarei na Espanha. Posso apresentar o check-in e os documentos de reserva do navio como comprovante de “passagem de volta”?
    Obrigada e até mais,

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bia.. tudo bom?? Poxa, que legal hein.. vai fazer uma baita viagem!!

      Eu acredito que o Airbnb é aceito normalmente…. você tem um reserva normal, então não teria que apresentar uma carta.
      Sobre a volta, bom… é a primeira vez que me perguntam sobre a volta de navio… mas não faz sentido você ter um problema por isso.. é a sua passagem de volta…. a única diferença é que vai voltar de navio… então eu acho que está tudo 100% pra você

      Espero ter ajudado… qualquer dúvida dá um grito

      Reply
  48. Vitor Q

    Bom dia Robson, vou ficar 26 dias na Europa e vou desembarcar em Amsterdã pois irei ficar na casa de amigos. Para eu conseguir a tal carta convite eles precisam carimbar e tudo mais, mas eles podem me enviar uma cópia por E-mail? Outra pergunta: 26 dias vezes 45 Euros diários dão 4563 Reais (Segundo o valor próximo de hj do Euro) e é uma baita grana.. eu realmente terei que ter esse valor em minha conta? pois estou indo pra la ficar em casa de amigos e n pretendo gastar muito.. entende?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Vitor… sobre a carta eu acho que pode ser dessa forma sim…. mas eu sempre digo que a carta é o processo mais chatinho.. Eu prefito reservar um hotel e depois cancelar…. Bem mais prático… mas você que decide isso…

      Sobre o dinheiro… não precisa ter tudo isso na conta não… eles não vão ver quanto você tem na conta… Se você tiver um pouco em espécie e um cartão de crédito já tá bom….

      Espero ter ajudado… qualquer dúvida dá um grito

      Reply
  49. Mary Mikaelson

    Oii Robson.
    E o seguinte,queria faser uma viajem,mais não e essas viajem de passagens compradas,quero ir em pouco a pouco, você acha que preciso de alguma coisa pra isso,oque devo ter?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mary…. você quer ir sem data pra voltar ou quer ficar meses viajando? Pois se for uma viagem longa, você pode ver uma passagem de volta ao mundo, é muito legal…. E você também pode alterar qualquer passagem que comprar… pode ser uma alternativa… só veja que existe um limite de tempo para permanecer na Europa como turista…. tem que ver certinho isso…

      Qualquer dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  50. Juliana

    Olá Robson,

    Estou planejando viajar para regiao de Veneto em dezembro por um mes. Gostaria de saber mais sobre o seguro e sobre a renda neste caso. Vou em ferias ficar em casa de amigos e girar algumas cidades é preciso informar?

    Reply
    1. Juliana

      Olá Robson,
      Estou planejando viajar para regiao de Veneto na Itália em dezembro por um mes. É minha primeira viagem sozinha e para europa. Gostaria de saber mais sobre o seguro e sobre a renda neste caso. Vou em ferias ficar em casa de amigos e girar algumas cidades é preciso informar?

      Adorei as informações do blog uma vez que estava difícil encontrar tudo num único site. Parabéns.

      Reply
  51. geraldo

    Boa tarde

    nao gostaria de levar tudo em dinheiro para despesas. comprei todos os passeios pela internet

    posso levar o cartão de credito em meu nome e está pronto?

    ou tenho que imprimir alguma fatura que consta o limite de credito?

    e remedios, posso levar qualquer um? sem receitas? e no caso de manipulados que nao tem bula?

    minha ultima duvida é questão do seguro viagem. algumas empresas oferecem assistência viagem, é valido?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Geraldo, tudo bom?? Eu também não gosto de levar tudo em dinheiro…. mas é interessante levar uma parte pelo menos… por garantia mesmo, vai que você tem algum problema com o cartão.

      Então, eu levei uma fatura do meu cartão onde aparece o limite que eu tenho…. mas nunca pediram… acabei levando mais por segurança.

      Eu sempre levo remédios básicos… para gripe, estômago e tal, e nunca levei na baixa, pra não ter muito volume… então levo só as cartelas…. acabo que nem levei a bula…. Mas, no seu caso, como são remédios controlados… leve a receita do seu médico, leve também um número maior de remédios do que você precisa (pense que algum vôo pode ser cancelado e você precise passar um dia a mais na viagem). Leve também os contatos do seu médico, caso precise perguntar alguma coisa para ele… se por ventura perder os remédios ele pode te ajudar.

      Sobre o Seguro, para a Europa ele tem que cobrir no mínimo 30 mil Euros… Se esse seguro que você tem se enquadra nisso, está tudo certo.. é válido. Veja que alguns cartões de crédito oferecem o seguro, mas quando você precisa é necessário pagar do próprio bolso e depois solicitar um reembolso do valor, quando voltar para o Brasil. Eu acho isso um pouco chato… mas é uma opção. Eu normalmente me sinto mais seguro contratando o Seguro Viagem.

      Caso precise contratar, aqui no blog existe um cupom que te dá 15% de desconto na contratação…

      Bom, espero ter ajudado.. qualquer dúvida é só dar um grito!!
      Abraço!!

      Reply
  52. Agatha

    Olá!
    Robson, tenho algumas duvidas se puder me ajudar fico agradecida
    – Primeiramente vou realizar minha primeira viagem e sou menor de idade (17), vou sozinha! Fiz o passaporte conforme a nova atualização já vem impresso no próprio passaporte a autorização para o menor viajar sozinho. E estou munida da autorização caso eles me peçam lá em Paris(documento em francês).
    – No caso, o euro esta muito caro aqui no Brasil no momento, você acha que compensaria eu levar em reais e trocar lá? A minha tia mora lá a 10 anos e já estou com a carta convite, seguro, a minha ideia é transferir para ela a quantia que iria levar comigo e lá nós trocamos o real para o euro, teria problemas na imigração? obs: Tenho medo de levar comigo o $$ … rsrsrs
    – E outra, sou leiga no Inglês, porém estou estudando algumas coisas em Francês para não passar carão, acha que terei algum problema?

    Aguardo um retorno, desde já agradeço

    Reply
  53. GERALDO FREDERICO

    obrigado, Robson!

    Voce sabe me dizer se tenho que comprovar a legitimidade dos euros?

    Pois, boa parte nao vou comprar com agencias ou bancos e sim adquirir com pessoas que estão vendendo, conhecidos na cidade que fez uma viagem e sobrou.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Geraldo, tudo bom? Olha, eu nunca levei nada para comprovar isso… Mas o ideal é você comprar com pessoas de confiança, para evitar problemas…. Mas eu nunca comprovei isso não…

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito Abraço!!

      Reply
  54. Eduardo Felipe

    Olá Robson, tudo bem? Estou muito feliz de ter encontrado o seu blog.

    Uma pergunta que está me inquietando, eu não trabalho no Brasil, por acaso, preciso aprensetar vínculo com alguma empresa?

    Eles podem pedir?
    O que acontece se eu não levar esse documento? É obrigatório?

    Muito obrigado!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Edu, tudo certo? Então, eu até levei uma declaração da empresa que eu trabalho – na primeira viagem. Eles nunca pediram…. mas nessa primeira viagem eles perguntaram o que eu fazia no Brasil? / Respondi que era designer… Então eles perguntaram o que faz um designer? / Aí eu respondi que fazia anuncios de revista, propagandas e identidades visuais de empresas…. foi bem susse…. Mas não é um documento obrigatório não, não precisa se preocupar….

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito!!

      Reply
  55. Bruno

    Olá Robson,

    Mais uma vez quero te parabenizar pelo blog. Ele me ajudou bastante na escolha de alguns destinos que fiz nesse ano.
    Para 2016 já tenho uma viagem novamente e vou ficar apenas em Portugal e roteiro em planejamento com as dicas valiaosas daqui ;-).
    Vasculhando algumas informações de outros locais percebi que alguns falavam da necessidade de comprovar um vínculo de trabalho aqui no Brasil devidamente reconhecido em cartório e protocolado no consulado português aqui do Brasil.
    Teus posts de documentação e de viagens a Portugal estão bem recentes. Por um acaso você levou algum tipo de comprovante desses?

    Obrigado e um abraço!!!

    Bruno

    Reply
  56. luiz paulo diniz

    Ola Robson, muito bom seu blog, tenho uma série de duvidas, recebi convite de uma amiga Brasileira que mora na Alemanha e é casada com Alemão, ela que basicamente vai me bancar, inclusive nas passagens, tenho muitas duvidas pois será minha primeira viagem internacional, como ela vai me bancar provável que eu não leve tanto dinheiro isso pode me gerar problemas ? tbm não falo ingles porem vou pela Tap então farei parada em Portugal facilitando a comunicação, em relação a carta chatinha, tem q ser feita por minha amiga eu pelo marido dela ? desde ja obrigado !

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Luiz… tudo bom? Se a sua amiga é casada com ele, então eu acredito que ela está legalizada por lá.. então ela mesma pode fazer a carta. Sim, a imigração em Portugal é tranquila… Ter um pouco de dinheiro ajuda sim, não precisa ser muito… mas se eles perguntarem você pode dizer a verdade… está indo a convite mesmo.

      Bom… espero ter ajudado.. qualquer outra dúvida é só dar um grito!!

      Reply
  57. Ítalo

    Olá, estou programando uma viagem para Europa só que ainda não tenho passaporte.
    Teria como eu comprar as passagens e então depois eu tirar o passaporte.

    Ps: na hora da compra qual é o documento pedido para efetuar a reserva.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Ítalo.. tudo certo? Eu acho que isso depende da companhia… mas eu já comprei passagem sem digitar o passaporte sim… então acho que talvez você consiga….

      Os documentos variam em cada companhia… Algumas podem pedir o passaporte sim…

      Qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  58. Heloise Stephanie

    Ola, td bem ?
    Pretendo passar 20 dias na europa ….
    Tenho uma certa duvida em relação ao seguro e o comprovante financeiro.
    Exatamente qual o valor da renda que tenho que comprovar para passar o periodo de 20 na europa ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Helo, tudo bom??? Então… se você tiver uma média de 50 euros por dia já é tranquilo.. Não que você precise ter tudo isso em espécie… mas ter uma média dessa somando um cartão de crédito, um limite da conta e tal… já te dá uma boa segurança.

      E o seguro vai te cobrir em 30 mil euros.. Lembre que os leitores aqui do blog tem 15% de desconto… então pegue o cupom aqui no blog para fazer o seu… O seguro é obrigatório!!
      Qualquer dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  59. LEandro

    Robson estou indo para Alemanha em Dezembro , entrando por Amsterdã , mas vou me hospedar na casa da minha namorada na Alemanha ela é Alemã , posso fazer uma reserva daquelas não paga no Booking de algum Hostel em Amsterdã ? tem algum problema , vou estar com uma quantia de dinheiro em espécie , seguro saúde e passagem de volta tudo normal , algum risco de ter pedido negado ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Leandro…. pode fazer a reserva sim…. aí você vai entrar como se estivesse indo se hospedar lá… Então, nesse caso, se te perguntarem onde vai ficar… você fala o nome do hostel que reservou. Tem tudo para dar certo…

      Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui!! Boa viagemmm!!!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Leandro… O segredo é ir tranquilo… Você não tem com o que se preocupar.. só está indo de férias.. Vai dar certo!!

      Reply
  60. Leandro Oliveira

    Boa tarde Robson , estou cheio de dúvidas com relação a minha primeira viagem pra Europa , eu vou para Alemanha mas vou desembarcar em Amsterdã , porque minha namorada mora em Osnabruck , uma cidade próxima de Amsterdã , por esse motivo não fiz reserva de Hotel em Amsterdã , aquelas reservar do Booking com pagamento após a hospedagem é valido ? Pois eu já fiz uma reserva dessas , o restante é tudo correto , passagem de volta , seguro saúde , dinheiro e cartão tudo em ondem , posso ter algum problema porque causa do voucher ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Leandro…. te respondi ali no outro comentário… desculpa a demora…. Esses meus últimos dias estão uma loucura…. em breve vocês vão entender o motivo!!

      Se tiver outras dúvidas é só dar um grito aqui

      Reply
  61. Leandro

    Na verdade minha preocupação é o fato da reserva não estar paga ,a reserva precisa ser em Inglês ou pode ser em português !!
    Obrigado ! :))

    Reply
  62. Claudio Manoel

    Olá Robson, achei muito interessante e muito esclarecedor seu blog. Parabéns e continue assim!

    Eu tenho uma dúvida em relação à conexão de voos. Eu vou viajar para Bélgica em março do ano que vem para a casa de um amigo fazendo conexão em Portugal e já estou adiantando todos os documentos necessários. Já estou com passaporte, comprovante de dinheiro, passagens e seguro. Minha dúvida é em relação à carta convite. No site do consulado da Bélgica nada é informado que é necessário algo que comprove sua estadia como reservas de hotel ou carta convite. Porém, no consulado de Portugal informa que é necessário. Eu liguei para o consulado português mais próximo e fui informado que como eu só farei conexão em Portugal (ou seja, não sairei das dependências da área internacional), minhas obrigações legais são com a Bélgica, e não Portugal. Isso procede? Eu não preciso então de carta convite?
    Falei com meu amigo da Bélgica e pedi para ele falar com a prefeitura ou polícia sobre o assunto e até mesmo procurar em sites e nada ele encontrou sobre a necessidade de tal carta.
    Agradeço desde já, abraço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Claudio.. tudo bom? Então, é algo bem específico sobre a Bélgica que você tem dúvida… eu confesso que nesse nível não sei te dizer… Mas, até onde eu sei, se você não tem uma hospedagem reservada e vai ficar na casa de alguém, a carta convite é obrigatória… Se tiver a carta não precisa da reserva… É basicamente isso…

      Espero que você consiga tirar suas dúvidas…. se descobrir algo sobre isso e quiser compartilhar aqui, todos os viajantes agradecem!

      Reply
  63. Luis Azevedo

    Olá Robson, tudo bom?
    Você poderia me dar algumas dicas sobre como reservar um hotel na Europa (mais especificamente na Bélgica) e depois cancelar só para passar pela imigração? Depois de passar pela imigração existe algum risco deles conferirem se fui mesmo para o hotel ou algo do tipo?
    Um abraço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Luis.. olha, eu nunca fiz exatamente dessa forma… sempre que eu reservei, eu me hospedei no lugar…. Mas tipo, eles não vão fiscalizar isso… já que você pode mudar de ideia e ir para outro hotel….

      O que você precisa fazer é reservar um hotel, no Booking por exemplo, e ver algum que tenha cancelamento grátis.. A questão é que você cancelando no dia vai acabar pagando a primeira diária – pra ter certeza disso confirme a política de cancelamento do hotel.

      Basicamente é isso…. Se tiver qualquer dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  64. Helena

    Robson, parabéns pelo site.
    Vou à Alemanha agora em dezembro de 2015. Estive lá em junho de 2015. Vou ficar um período na casa dos pais do meu namorado, que é alemão, mas mora na Inglaterra. No entanto, não tenho intimidade suficiente para pedir uma carta-convite a eles (e nem tenho mais tempo, rs). Para garantir, tenho reservas de hotéis durante todo o período.

    Se me perguntarem se conheço alguém lá na Alemanha / se estou visitando alguém? é ok dizer que conheço os pais do meu namorado e que talvez faça uma visita rápida (muito embora eu não tenha carta-convite)? Digo, gostaria de dizer que TALVEZ os visite, mas que esse não é o objetivo principal da viagem. Não queria mentir quanto a isso, pois acho estranho dizer que não conheço ninguém e estar visitando novamente o país em um período tão curto.

    No mais, tenho todos os documentos: reservas no expedia, declaração do trabalho, comprovantes de saldo bancário, seguro, cartões de crédito, passagens de trem de uma parte de todo o percurso e uma quantia de 270 euros em dinheiro para (21 dias).

    Aliás, você acha aconselhável trocar mais reais por euros? E você acha que terei problemas por não ter todos os tickets de trem (de todo o percurso) comprado? Digo, tenho dinheiro para comprá-los, mas pretendo dizer que não comprei ainda, pois não sei se vamos fazer todo o trajeto de trem, ônibus ou car sharing. obs. na verdade, é que esse período que nao tenho as passagens é o que ficarei na casa dos meus sogros.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Helena, primeiro obrigado pelo elogio!! Adoro receber!! ahahha

      Então, dizem que o melhor é dizer sempre a verdade…. Eu confesso que tinha alguns amigos em Londres na primeira viagem, mas disse que não conhecia ninguém.. foi mais simples pra mim… mas aí é com você….

      Se você já foi uma vez e passou tranquila, acredito que não vai ter problemas agora…

      Pode ir só com esse valor em espécie sim, ainda mais que está levando cartão de crédito…. E sobre os tickets, também não precisa se preocupar…. isso é normal… muita gente deixa pra comprar direto lá…

      Acho que você tem tudo para passar com tranquilidade…. basta ir com calma

      Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
      1. Helena

        muiiito obrigada pela resposta tão gentil, Robson! Mesmo revendo todos os documentos, sempre dá um frio na espinha haha, mas vou tentar ficar calma hahaha.

        Reply
  65. Matheus

    Fala Robson! Parabéns pelo blog, ajudou pra caramba.
    Queria te perguntar: vou viajar pela Air Tap Portugal e farei conexão em Lisboa por 5 horas e 45 minutos. Eu tenho algum direito à alimentação no aeroporto pago pela empresa ou algo do tipo?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Matheus, olha, legalmente eu não sei te dizer… mas acredito que não….eu nunca recebi pelo menos… se você descobrir alguma coisa me avisa!!!

      Reply
  66. Yasmin Duran

    Adorei! Seu blog me ajudou muito! Queria saber qual tipo de pergunta fazem no aeroporto que eu devo saber responder em inglês para ir me preparando! Outra dúvida… Qual é uma boa empresa para fazer o seguro viagem?

    Reply
  67. Paulo

    Oi Robson, sou professor de Geografia e História e vou fazer minha primeira viagem pela Europa / África. Vou em junho de 2016, primeiro Lisboa Portugal, com intenção de ir a Sevilha na Espanha (ônibus). Depois seguir para Fez no Marrocos (avião). E fazer o caminho de volta, tudo em dez dias. Conhece esse trajeto, ou sabe quem fez, quais orientações e dicas pode me dar

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Paulo, tudo bom? Olha, exatamente esse trajeto eu não sei quem fez…. posso tentar descobrir alguma coisa… De Lisboa para a Espanha eu fiz de trem, mas fui em um trem noturno para Madrid. Agora o Marrocos eu já vou ficar te devendo as dicas, ainda não conheço.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  68. Marta

    Robson boa tarde… Parabens pelo seu Blog, achei bem interessante, principalmente pra quem é inexperiente..
    Estou indo pela primeira vez para a Europa tendo como parada inicial Amsterdã e Bélgica. Vou ficar 16 dias e gostaria de conhecer Paris e se possível alguma cidade da Alemanha, já que todos fazem divisas. Minhas duvidas e preocupações.. não falo quase nada em inglês, vou com 02 pessoas que falam o básico. Me preocupo no aeroporto com a imigração, por não falar inglês. Tenho um casal de amigos que moram lá já há alguns anos, vão estar no aeroporto nos esperando.. seria melhor uma carta de recomendação ou algo parecido , já que vou ficar hospedada na casa deles..???
    E outra pergunta, se eu for visitar esses lugares que te falei qual o melhor meio de transporte mais barato e se há possibilidades de ir e voltar no mesmo dia, ou seria melhor pernoitar nessas cidades. Estou pensando em economizar o máximo possível devido a alta do dólar e o euro também.. rsrs Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marta, tudo bom? Primeiro muito obrigado pelos elogios, fico muito feliz em saber que chegou aqui no blog e gostou do conteúdo

      Sobre a imigração… o que acontece é que se você vai ficar na casa de alguém que mora lá, você precisa sim de uma carta convite.. eles vão ter que providenciar isso para você.. é um pouquinho chato.

      Caso você não fosse ficar na casa deles, o que você teria que apresentar, caso solicitado, é a reserva de um hotel – bem mais simples do que a carta convite.

      Sobre as cidades e transportes… vamos lá… se você está falando sobre o transporte entre elas, eu sugiro o trem…. são rápidos e práticos.

      Já dentro da cidade, vai depender de cada uma.. Amsterdam você pode fazer tudo a pé praticamente. Tem os bondinhos elétricos que você pode usar de vez em quando… Na Bélgica, vai depender da cidade… mas na maioria das vezes vai da pra fazer tudo andando.

      Bom, espero ter ajudado… qualquer outra dúvida é só dar um grito aqui

      Reply
  69. Marta

    Obrigada Robson..ajudou sim, acho que vou optar pela reserva de hotel então, estarei viajando no final de abril o problema que tem um evento turístico em Amsterdam justamente nessa época .. vou tentar já uma reserva. Obrigada, sucesso pra vc

    Reply
  70. Rizete

    Olá estou indo para Londres no próximo dia 23/01/2016. tenho passagem ida e volta , hotel e seguro. meu namorado mora em Londres vai me manter financeiramente por os 10 dias que irei ficar no país. por não está levando dinheiro será que terei problemas com imigração ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rizete, tudo bom? Por acaso você tem algum cartão internacional? Lever um cartão e pelo menos um pouquinho de dinheiro sempre é bom… A questão de você falar que seu namorado vai te bancar é que eles podem perguntar mais coisas sobre ele… tipo: o que ele faz? se você não vai ficar na casa dele? porque vai ficar em um hotel e não com ele? Coisas desse tipo, sabe?

      Ter um pouco de dinheiro também é bom para caso tenha algum imprevisto…

      Espero ter ajudado… qualquer coisa me dá um grito

      Reply
  71. Rizete

    Obrigada Robson . Providencie alguns euros e Libras. Mesmo a carta de meu namorado estando dizendo que me manterá em Londres o tempo que estiver lá. Foi ótima sua dica. Um abraço

    Reply
  72. Juliana Patos

    Oi Robson, tudo bem? Tenho uma dúvida que está me deixando preocupada. Vou viajar para Bélgica e minha conexão é em Portugal. Tenho todos os documentos desde passaporte à carta convite, porém não tenho um que acabei de ver no consulado português: “documento comprovativo de vínculo laboral ou atividade profissional no Brasil (declaração emitida pela entidade patronal, pública ou privada, devidamente reconhecida em Cartório e autenticado no Consulado de Portugal da sua área de residência”. Eu sou estudante, faço cursinho me preparando para o vestibular e não tenho carteira assinada, como fica? Esse documento é necessário mesmo, já que não ficarei em Portugal?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ju, tudo bom? Se você não trabalha, então não precisa disso… Se quiser pode levar alguma declaração do seu cursinho, mas eu acho bem difícil eles pedirem isso….

      Qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  73. Gustavo Felipe

    Olá Robson. Muito legal o conteúdo que você compartilha! Estou indo visitar a minha namorada na Espanha por pouco mais de dois meses, ela já me enviou uma carta-convite e ficarei na casa dela. A minha grande dúvida é em relação a comprovar que tenho condições para ficar lá, pois com a alta do euro e pelo número de dias que vou ficar lá a quantia necessária será muito alta. A única alternativa que pensei foi em pedir dinheiro emprestado aos pais e amigos para ter isso em uma conta e retirar algo como um extrato. Isso é válido? Tem alguma exigência em relação ao extrato? Se pode ser um impresso em casa ou preciso retirar algo específico no banco.
    Desculpe pelo texto longo, vejo que você é muito atencioso com quem te acompanha.
    Muito Obrigado desde já.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gustavo… tudo beleza?? Então, olha… na minha primeira viagem eu levei um extrato impresso da minha conta… Mas eles nunca pediram isso, então não sei nem te dizer se seria válido.

      Mas se eles te perguntarem, diga que tem um parte em espécie e outra no cartão de crédito… Você vai levar algum cartão internacional?

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  74. stefannny

    Oi , eu vou visitar a família do meu namorado em Julho na Áustria , eu já tenho a carta convite . Mas eu tenho uma duvida se eu preciso de um seguro de saúde e de uma quantia minima para entrar no país ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ste, tudo bom?? Desculpa a demora para te responder… Então, o Seguro Saúde é obrigatório sim, independente da carta convite. Já a quantia mínima, na verdade eles precisam ver que você tem como se manter na viagem… Ter alguns euros em espécie e um cartão de crédito já está ótimo.

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  75. Paulo Ricardo

    Olá Robson Gostei do blog, Parabens.

    Tenta me ajudar uma duvida, eu vou para dublin ( Irlanda ), e vou para casa de um amigo ja fiz a carta modelo que ele me indicou, e estou querendo saber sobre a quantia de euro preciso levar para imigração, sabe me responder?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Paulo, tudo certo? Olha, então… o que recomendam é que você tenha pelo menos 40/50 euros para cada dia da sua viagem… claro que isso não precisa ser totalmente em espécie. Mas assim, ter uns 300 ou 400 euros em espécie, mais um cartão de crédito, eu acredito que você não vai ter problemas….

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  76. Fernando Barros

    Prezado Robson
    Minha filha vai ficar 3 meses fazendo um curso de italiano, em Roma. Ela foi convidada pela tia, que é funcionária da embaixada. portanto, nao terá despesas. Parece que para viagens de curto prazo o mínimo seria 60 Euros/dia. Parece que tem uma tabela que reduz esse valor para prazos maiores. Vc sabe estimar o valor minimo para entrar na Europa com base neste prazo de permanência?
    Agradeço a informação

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Fernando, tudo bom? Olha, já vi muita gente entrando com uma quantia aproximada de 40 euros/dia. E nem todos esse montante precisa estar em espécie…. um cartão internacional com limite já ajuda.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  77. Juninho

    Adorei esse blog .. estou pensando em ir na inglaterra… ja fui ma italia com amigo meu.. meu medo e so de saber falar apenas portugues… na hora da imigracao der problema.. acha arriscado?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Juninho, tudo bom? Olha, se você conseguiu se virar na Itália, vai conseguir se virar na Inglaterra também…. Vou te dizer que meu inglês era bem meia boca quando fui pra Londres…. Com um basiquinho você já se vira

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  78. Matheus Llobregat

    Robson parabéns pelo trabalho.
    Gostaria de tirar uma dúvida, eu tenho um plano de saúde LINCX que é internacional e ele me oferece uma apólice de assistência de viagem internacional. Minha dúvida é se isso já é suficiente para poder viajar ou eu preciso contratar um Seguro de viagem?

    Obrigado!

    Reply
  79. Karine

    Adorei o blog Robson parabens.
    Gostaria de saber quais documentos são necessários para viajar de trem pela europa. E qual autorização tem de ter para fazê-lo com menores de idade… Vou em Abril para a Suíça com uma prima que tem 17 anos,porém no passaporte dela já consta a nova autorização impressa que a permite viajar desacompanhada. No aeroporto não tem problemas para embarque, mas e para viajar de trem quais são os documentos solicitados tanto para maiores quanto para menores de idade?
    Bjs!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Karine, tudo bom? Olha, eu não posso te responder com 100% de certeza. É uma dúvida bem específica…. mas, analisando o que você me falou, essa autorização que ela já tem no passaporte basta.

      Nunca vi eles pedirem algo diferente do passaporte… então, acredito que é apenas isso. Mas tente pesquisar um pouco mais para ver se acha alguma informação mais certeira.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  80. Norma Sakabe

    Oi, Robson!
    Gostei bastante do blog pois esclarece muitas dúvidas e a sua disponibilidade é muito legal!
    Vou viajar para a França em julho. Então td se encaixa nas suas dicas MENOS uma conexão em Istambul, na volta.
    Como a Turquia não faz parte do tratado, será que a imgração de lá pode exigir algo mais, como passaporte com maior prazo de validade ou seguro viagem com valor maior que os 30 mil euros ou outra coisa?
    Se você puder me ajudar..
    Obrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Norma, tudo bom? Olha, eu dei uma pesquisada aqui e pelo que descobri você não precisa de nada diferente disso não. Até porque é uma escala…

      Você por acaso vai estender essa escala por lá? Vai chegar a visitar a cidade, ou só a escala de vôo mesmo?

      Se for só vôo, acredito que não vai precisar de nada diferente.

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  81. Ana Moreira

    Boa tarde tudo bem? Robson gostaria de tirar um duvida, vou viajar para Madri em junho e não tenho cartão de crédito internacional. O valor que tenho que levar em especie é aproximadamente quanto? Abraços.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ana, tudo bom? Olha, o recomendado é entre 45 e 60 euros por dia + hospedagem. Claro que isso vai depender também do seu estilo de viajante… se é mais econômica pode ser um pouco menos…

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  82. Robson encontrei seu blog em uma pesquisa desesperada sobre minha situação, me esclareceu muitas dúvidas, mas ainda restam algumas, será que você saberia me ajudar? Qualquer informação ou conselho será muito bem vindo!
    Meu noivo recebeu uma proposta pra trabalhar por seis meses na sede da empresa dele na Bélgica, ainda sem datas exatas, mas a empresa já está providenciando tudo pra ele (aluguel de um apartamento, o visto de permissão de trabalho, etc). Nosso plano é que eu aproveite essa oportunidade para acompanhá-lo e para fazer algum curso de idioma por lá, inclusive já entrei em contato com várias escolas. O problema é que não conseguirei visto de acompanhante por ainda não sermos casados, e pelo que entendi o visto Schengen é válido por 90 dias por semestre. Não é possível eu ficar por 90 dias na Bélgica, retornar ao Brasil por uns dias, e ir novamente à Bélgica com visto por mais 90 dias? O que você me aconselharia?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rê…. tudo bom? Fico feliz que chegou aqui e que estou te ajudando com algumas dicas..

      Puxa.. você tem um dúvida bem específica… Mas o que eu sei é que assim… se você ficar lá 90 dias e sair, existe um prazo para você conseguir voltar…

      Conheço pessoas que ao invés de voltar até o Brasil, eles simplesmente foram pro Marrocos e depois voltaram pra Europa. Só que existia o risco de terem a entrada barrada. Eles conseguiram.. mas não é algo certo…

      Se você casar no papel.. durante esses 90 dias.. será que não consegue o visto de acompanhante do marido?

      Bom… é uma ideia…. desculpa não te ajudar com mais detalhes… Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  83. Suzana

    Olá, Robson, parabéns pelo site e por todas essas dúvidas solucionadas. Muito obrigada.
    Tenho uma amiga portuguesa que me convidou para morar com ela em Lisboa. E está tentando me arrumar um emprego por lá, antes mesmo da minha chegada. Se ela arrumar posso ir com o visto de trabalho? Você sabe o que muda nos documentos necessários?
    Acabo a faculdade em junho e quero ir em setembro viver novas experiências antes de começar a trabalhar na minha área. Irei ficar na casa dela então já sei que para ir preciso da carta convite. Também não tenho muito dinheiro e não tenho cartão de crédito, mas vou levar o pouco dinheiro que tenho e quem vai me bancar durante um tempo lá é a minha amiga. Como faço? Posso dizer que ela irá me bancar por lá? Minha outra dúvida é, se ela não conseguir um emprego para mim antes, é obrigatório que eu tenha em mãos as passagens de volta?

    Obrigada

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Su, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, vamos lá… Se ela conseguir um emprego pra você, aí você precisa falar com essa empresa para ver como vai ser a questão da sua entrada… Eles vão ter algum procedimento para isso, você não vai poder trabalhar entrando como turista.

      Se você for sem emprego lá, aí entra como turista e sim, vai precisar ter a passagem de volta. Nessa minha viagem eles cobraram a passagem de volta, pois eu comprei separada da passagem de ida… Então apresentei a de ida e ala exigiu, ainda no Brasil, a minha passagem de volta. Quando cheguei lá na Europa também foi solicitada a passagem de volta…. então é importante.

      Agora sobre a questão da sua amiga te bancar… o que você precisa ter em mente é o seguinte: eles precisam ver que você tem interesse em voltar para o Brasil. Se por acaso eles perceberem que você tem interesse em ir para ficar, ainda mais sem ter um emprego ou algo assim, que possa parecer que você ficaria até mesmo ilegal por lá, aí eles podem te barrar.

      Então tem que ficar bem atenta ao que você vai comentar lá na hora… se for só a passeio, diga que vai a passeio… não fale nada de trabalho por lá…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
      1. Suzana Guimarães

        Obrigada, Robson. Muito importante tudo que disse. Ficarei atenta sim.
        Qualquer coisa venho aqui com outra dúvida. Obrigada

        Reply
      2. Suzana Guimarães

        Robson, outra pergunta. Independente do tempo entre as passagens de Ida e Volta o viajante tem um visto de turista de três? Ou o visto é de acordo com a passagem? Pois estou achando passagens bem mais baratas com tempo menor entre elas (20 dias de viagem, por exemplo), mas quando coloco 3 meses aumenta o valor. Thanks :*

        Reply
        1. Robson Franzói

          Oi Su, tudo bom? Então, é sempre 3 meses… não tem relação com a passagem. O valor da passagem está aparecendo diferente para você pois a pesquisa é para datas diferentes. Passagem é uma loucura…as vezes você muda um dia e pode economizar ou pagar uma fortuna a mais.

          Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

          Reply
  84. Maria Ramos

    Olá Robson, me de parei com seu blog que pode me ajudar muito. A minha duvida é : Estou me planejando a ir a Europa , Propriamente (Porto) portugal, Um amigo vai me receber, sei que preciso da carta convite dele atenticada e carimbada, mais mesmo com a carta convite, preciso levar o seguro viajem, e dinheiro para comprovar estadia durante os dias que ficar lá? agradeço a ajuda, meu muito obrigada.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Maria, tudo bom?? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, precisa do seguro sim e é importante ter algum dinheiro… Não sei se vão chegar a calcular o dinheiro para cada dia… mas se tiver um cartão de crédito já ajuda…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  85. Clara

    Olá Robson!!
    Estou com algumas duvidas. Pretendo viajar 2 meses e meio para Alemanha, porém quero fechar meu curso de idiomas apenas para 4 semanas e depois fazer um mochilao. A dúvida é se posso apresentar o comprovante de moradia ( no caso essas estadias estudantis) apenas para as primeiras semanas já que as outras pretendo viajar ou preciso ter todos os comprovantes de onde vou estar ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Clara, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, eles normalmente pedem o comprovante só da cidade que você está chegando.. Podem até perguntar se você vai pra outros países, mas é difícil pedirem algum comprovante dos outros lugares.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  86. Mary

    Olá Robson,Passeando pela internet encontrei seu blog, muito bom.
    Então resolvi pedi ajuda como nunca sair do Brasil, sera minha primeira vez.Gostaria de informaçôes. conheci uma pessoa em um site,essa pessoa é um português, e eu Brasileira, .estamos marcando um encontro para nos conhecer pessoalmente. A questâo é que estamos com receio. devido a crise que também esta em portugal E estamos a decidi o que seria melhor, eu ir a portugal como turista, ou ele vir e juntos entrar em Portugal. O que seria menos perigoso, e burocrático? A outra pergunta é: o que precisa um português para entrar no Brasil? Já que tirei minhas duvidas aqui no seu blog se for meu caso de ir ate portugual. Obrigado desde de Já, Um abraço..

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mary, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Olha…. sobre ele vir pra cá eu vou ficar te devendo a informação… não sei te dizer como é… Agora para você ir para lá como turista, é basicamente o que escrevi aqui no post. Você apresentando os documentos necessários, é tranquilo.

      Se você for ficar na casa dele, aí você precisa de uma carta convite, que ele vai ter que fazer por lá e autenticar. Caso não queira fazer a carta, aí precisa comprovar a sua reserva de hospedagem.

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  87. Mary

    Olá Robson, Muito bom o blog, vou voltar em breve, e comprar meu seguro viajem por aqui. Parabéns mesmo.

    Mais não poderia deixar de dizer socorro?? Me ajude? rsrsr

    Olha estou a me organizar para uma viajem para Porto, é minha primeira vez fora do Brasil. tenho um amigo em Porto que me ofereceu a carta convite (estadia). Eu vou está com passagem ida e volta para 8 dias, levando em mãos 540 euros para estadia, seguro viajem.tudo o que estou levando esta certinho pra não ter problemas?

    E o que seria melhor, a reserva do hotel, ou carta convite,já que vou ficar na casa do amigo, e depois de entrar em Porto, posso tentar prorrogar para os 3 meses, mais o que eu precisaria para estar fazendo isso?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mary, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então… pelo que estou vendo você está com tudo certo pra ir…. sobre a carta convite ou reserva… as duas valem… tem que ver o que fica mais fácil pra você… Se ele fizer a carta, tá ótimo.

      Mas você quer estender a sua estadia por mais tempo? Tem que ver a questão da passagem, pois você já tem a passagem de volta….

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  88. PAULO RICARDO

    Olá Robson, me chamo Paulo Ricardo, gostaria de saber se quem está como o nome sujo no spc ou serasa poderá ser impedido de viajar, isto é, de obter o visto. Também gostaria de saber se empresários tem maior chances para obter o visto? e quais são as empresas de seguro viagem que posso confiar? outra pergunta 12,000 mil reais em especie, ou depositado na conta poupança poderá facilitar a minha aprovação? agradeço de antemão pela sua ajuda! OBS: EUROPA (portugal)

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Paulo, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, nome com restrição não impossibilidade de viajar… Sobre isso pode ficar tranquilo. E no caso da Europa, não seria visto… você só vai ter seu passaporte carimbado na entrada.

      A empresa de Seguro Viagem que eu recomendo é a Mondial… inclusive te cupom de desconto disponível aqui no blog: /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Sobre a quantia que você mencionou… na verdade existe uma lei que proíbe sair do país levando mais de 10.000 reais em espécie (ou equivalente em outras moedas). Então levar 12 mil em espécie não iria ajudar, pode ser até problema.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  89. Guilherme Marcondes

    Boa noite!!! beleza?? pelo que vi vc tem mta experiencia…
    vou te falar meu itinerário de lua de mel e se vc pudesse dar sua opinião eu ficaria muuuuuuuito grato…

    dia 26/10, saio de sp rumo a Paris…chego dia27/10…

    Fico até dia 02 e vou para Veneza….fico 02,03 e 04 em Veneza e vou pra Florença de trem…
    Em florença pensei em ficar até dia 07 e pegar um voo noturno ou dia 08 e pegar diurno…até Barcelona…
    barcelona até dia 11…quando irei para MAdrid até dia 14 e volto p/ sp…

    ufa…o que acha?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gui, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Viagem maneira hein… vai ser uma lua de mel dos sonhos!! Então, vamos lá… vou tentar escrever seu roteiro aqui para ver se entendi bem:

      Paris – 6 dias
      Veneza – 3 dias
      Florença – 3 dias
      Barcelona – 3 ou 4 dias
      Madrid – 3 dias

      Veja se calculei tudo certinho…. se sim, eu acho que estava bacana! Mas assim, é um roteiro um pouco cansativo, pois a única cidade que você vai ficar mais tempo é Paris, as outras são passadas rápidas. Talvez deixar 5 dias em Paris e jogar esse dia em alguma outra cidade, como Madrid, para você ter uma cidade com mais tranquilidade para visitar… pode ser uma boa opção.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  90. Ayala Leal

    Oi Robson! Parabéns pelo excelente trabalho.
    Estou indo próxima semana para Espanha e Portugal com meu marido e minha sogra, gostaria de saber se na imigração cada um faz a entrevista separado ou se a família faz junto? Preciso imprimir as reservas para cada um levar para sua entrevista ou basta um apenas?
    Desde já agradeço o retorno.

    At.
    Ayala Leal

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Ayla, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem de um mês pela Europa e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia…

      Então, podem ir junto sim… inclusive apresentar a mesma reserva. Eu viajei dessa vez com um amigo e formo juntos na imigração… bem tranquilo…

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  91. Priscilla

    Oi, Robson! Tudo bem?

    Vou para a Europa em junho e tenho algumas dúvidas. Eu irei a Madrid, Paris, Berlim e algumas cidades da Polônia, mas ficarei nas casas de amigos em todos esses lugares. Minha ida e volta será para/por Madrid e minha conexão de ida é por Lisboa; cruzarei todas as fronteiras de ônibus ou trem. A questão é: ao chegar na imigração, em Lisboa, eu preciso apresentar cartas-convite de todos esses lugares aos quais irei ou só do meu destino, Madrid? E quando eu cruzar as fronteiras, ainda que seja um território comum, eu preciso apresentar uma respectiva carta-convite ou só o passaporte?

    Outra dúvida é: estou sem cartão de crédito e precisarei levar o da minha mãe, que não estará comigo. Isso é possível? Os guardas aceitam que eu use um cartão que não esteja no meu nome? E você acha válido comprar um VTM ou não vale mais a pena?

    Muito obrigada, meu querido! Abraço!

    Reply
    1. Robson Franzói

      O Pri, tudo bom? Então… vamos lá… A carta convite só do seu primeiro destino já vai servir. E depois que você entrar, vai poder passar por todos os países que fazem parte do tratado de schengen… Então não vai ter imigração nesses outros países. Nem passaporte vai ser carimbado… o que é a parte triste rsrs..

      Sobre o dinheiro… assim.. seeeee eles pedirem para ver o cartão, basta dizer que é o cartão da sua mãe… Não acho que teria problema. Mas só mostre o cartão se for solicitado.

      Agora sobre o VTM e O Cartão de crédito… a diferença deles hoje é a seguinte: no VTM você vai comprar a moeda hoje e vai pagar a cotação de hoje. No cartão de crédito você vai gastar durante a viagem e vai pagar o valor que estiver na cotação do dia que fechar a sua fatura… que pode ser maior do que hoje ou menor.. ou seja.. você fica vulnerável. Mas também tem a vantagem de acumular pontos. É basicamente essa a diferença.

      Por enquanto levar em espécie é a forma mais econômica… pelo menos até a Dilma aumentar ainda mais o imposto

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  92. Erika Ferreira

    Olá Robson, gostaria de tirar uma dúvida, quando a reserva de hotéis é feita pela empresa que contratei o pacote da viagem, CVC, eu posso apresentar o contrato que eles entregam comprovando que foi feito um pacote? Porque no meu caso o único comprovante é o contrato.
    Agradeço pela atenção
    Érika Ferreira

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Erika, tudo bom? A CVC não te passada algum arquivo referente a reserva? Nesse contrato falo o nome do hotel? É legal confirmar isso com a agência… eles estão acostumados e com certeza vão te passar algum documento válido para a imigração

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  93. Newton

    Ola boa tarde, tenho uma duvida, meus pais querem tirar o visto para ficar até um ano em portugal, conseguindo este visto, ele tera livre circulaçao aos paises membros por um ano tambem ou so os 90 dias do visto normal.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Newton.. tudo bom? Olha, eu não conheço esse processo que o seu pai está fazendo. Talvez seja um visto de trabalho, imagino. Se for, eu não posso garantir, mas acredito que ele pode circular normalmente para os outros países sim. Mas é legal confirmar com o lugar onde ele está fazendo esse processo.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  94. Suellen

    Pelo amor de Deus me responde kkkk to em apuros, falta apenas um més pra eu viajar e eu sou estudante tenho uma conta bancaria normal mas não tenho cartão internacional e nem posso ter pq eu não trabalho e não tenho como comprovar renda pra poder então fazer o cartão, acontece que só foi avisado pra mim sobre ter necessidade de ter um cartão minhas passagens são pra menos de um més, mas na minha carta de visita consta que todos os tipos de despesas meus vão ser supridos por quem vai me hospedar.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Su, tudo bom? Então… olha, eu acredito que se a sua carta foi feita certinha…. registrada e tal. Como consta nela essa informação, você não precisa se preocupar.

      O cartão internacional não é obrigatório… é apenas uma sugestão para mostrar que você tem como se virar e também uma segurança pra você, para imprevistos…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  95. patricia

    Oi eu vou viajar para europa começando pela espanha, fazer um mochilão mesmo espanha portugal. Mas eu estou sem passagem de volta, pois nao sei que dia exato quero voltar ou se iria para os estados unidos direto de la entao nao comprei nada. Se eu mostrar minha passagem de onibus para portugal, na imigração da espanha, eu consigo entrar afinal estarei saindo do pais? Essa passagem de ida tambem foi-me dada de presente, nao posso pedir a de volta por obrigação hehe

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Pati, tudo bom? Desculpa a demora para te responder… Acabei de chegar de uma viagem longa. Então… olha, passagem de volta é uma coisa que eles sempre exigem. Na minha última viagem pra Europa eles pediram a de volta no meu check-in aqui no Brasil, falaram que sem ela eu nem embarcaria.

      Os amigos que eu tenho que viajam sem data para voltar, eles tem a passagem e as vezes perdem… por não ter opção. Ou vão alterando a data, mas isso tem custo. Por isso as vezes vale a pena perder a passagem do que ficar alterando.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  96. Felipe

    Oi Robson, tudo bem?
    Estou planejando ir pra Europa, pois preciso abrir uma conta bancaria em Euro. Como vc tem um vasto conhecimento sobre processos de viagem, saberia me informar em qual país ou banco especifico esse processo é possivel com passaporte Brasileiro e feito com facilidade? Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Felipe, tudo bom? Puts, vou ficar de devendo essa informação… Não conheço algo nesse sentido.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  97. Luciane

    Robson…
    Me salva, por favor!!! Ficarei 11 dias em Lisboa, em outubro… Como é minha primeira viagem pela Europa e estreia do meu passaport, fica a pergunta, tenho que andar direto com ele ou uma cópia dele já ajuda a resolver mal entendidos?? E a questão do dinheiro? Sempre que viajo deixo no hotel, mas dentro da mala trancada, uma amiga disse que é muito arriscado… E aí, o que me aconselha?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lu, tudo bom? Calma, vou te ajudar. Normalmente hoteis tem cofres, você pode deixar o passaporte e o dinheiro no cofre. Tem gente que tem medo até do cofre, eu acho meio exagero… mas não dá pra contrariar todo mundo.

      O que eu faço, quando não tem cofre no quarto, é colocar o passaporte e o dinheiro em um doleira – que é tipo um pochete bem fininha que fica por dentro da calça. Jamais deixe no bolso de fora da calça, em bolsa ou outros lugares. Dentro da doleira e por dentro da calça ainda é o mais seguro.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  98. Franciele

    Olá
    Meu limite do cartão de crédito é algo em torno de 1000 reais, pra ficar na Itália por 52 dias, prciso de um limite de
    7000, pretendo levar 300 euros em mão.
    É necessário levar o comprovante de limite, ou só mostrar o cartão de crédito e mentir sobre o limite basta?
    Pq não tenho 7000 reais pra provar nada, rs

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Fran.. tudo bom? Tá.. mas você vai ter 300 euros para passar 52 dias? Como vai se manter só com isso?

      Asssim, isso que ele pode te questionar.Ter um cartão já vai te ajudar… dificilmente ele vai pedir para ver o limite. Mas se eles questionar.. aí você vai dizer que alguém vai te ajudar? aí ele pode perguntar quem é? E por aí vai… uma pergunta atrás da outra.. rsrs

      Reply
    2. Franciele

      Eita, que blog maravilhoso. Obrigada
      Seria mais interessante eu depositar dinheiro na minha conta corrente e leva um comprovante então?
      Ou falar que serei bancada por alguém por lá,o que é a verdade?
      Sim, só vou levar 300 a 500 euros em mãos, rs.

      Reply
  99. Madalena

    Olá! Farei uma viagem para Portugal/Espanha no período de 28/7/16 (saída do Brasil) e retorno dia 14/8/16.
    Meu passaporte vencerá dia 30/11/16, ou seja, 3 meses e 15 dias após a saída da Europa.
    Vocês acham que terei problemas?
    Obrigada e aguardo resposta.
    PS: muito bacana seu blog.
    Madalena

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Mada, tudo bom? Não vai ter problemas não… você vai ter a passagem de volta e o seu passaporte estará valido para o tempo que estiver na Europa. Não vão implicar com isso não…

      Que bom que gostou do blog… fico muito feliz em saber!!

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  100. Marcia

    Oi…Estamos querendo ir para Europa e de la ir para Londres, gostaria de saber quanto tenho que Comprova financeiramente.
    Somos em três, Eu, meu esposo e meu filho de 1 ano e 10 meses…

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Marcia, tudo bom? Então, o valor recomendando para ter por pessoa é mais ou menos de 50 euros por dia. Mas não necessariamente que você precise ter todo esse dinheiro em espécie, até porque não seria seguro.

      O ideial seria ter uma parcela disso em dinheiro, e mais algum cartão – na verdade vai depender de como você realmente vai levar o dinheiro. Vocês não precisam ter muuuuito dinheiro para entrar… a única coisa é ter como se manter por lá. Então falar realmente a verdade, de como vocês vão gastar, já é o suficiente… mas apenas se eles perguntarem!!

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  101. Luciana

    Oi, nossa seu blog caiu como uma luva para minhas duvidas,
    Então vou começar. Pretendo viajar para Alemanha ano que vem, ficar na casa de um amigo, ficarei 10 dias no maximo, estou com um pouco de medo da imigração, trabalho como promotora de eventos (receptivo, essas coisas), mas ouvi dizer que no exterior tem preconceito se vc citar a palavra evento (no português claro, acham que é puta) e bom estou descartando isso. Mas ajudo meu pai as vzs na empresa dele que é de info, não tenho nada registrado em carteira. O que você me sugere? O que posso levar para comprovar? Ou o que falo?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lu, tudo bom? Então, não acho que eles vão pedir algo em si que comprove o que você faz, a não ser que você demonstre insegurança talvez…. Assim, já me perguntaram o que eu fazia no Brasil. Eu respondi que era designer… aí ele perguntou: e o que faz um designer? Eu respondi e pronto, foi tranquilo. Talvez nessas perguntas eles conseguem pegar alguém na mentira e aí fazer mais perguntas. Mas quando você fala a verdade, aí não tem com o que se preocupar. O segredo é ir tranquila mesmo.

      Sobre o que levar… na época eu levei uma carta do trabalho e o contrato social da empresa, mas hoje eu vejo que eles nunca pediriam isso.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  102. Gustavo

    Ola, Robson , boa tarde

    Estoun planejando em 2017 fazer uma viagem para Europa junto com 2 amigos, pretendo fazer o seguinte roteiro :

    Sao Paulo>Barcelona>Paris>Bruxelas>Amsterda e talvez alemanha porem pretendo voltar da Holanda para SP.

    uma das coisass que estamos quebrando a cabeça é em relação aos trens , ja que todo o percurso pretendo fazer de trem.

    é preciso fazer reserva em todos esses trens ? é muito mais vantajoso usar o trem noturno ? com quanto tempo de antecedencia eu posso comprar o bilhete dos trens ? tem algum site que voce recomenda ?

    obrigado

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gustavo, tudo beleza!?! Então, seu roteiro está bom!! Deixa eu só comentar alguns pontos. Eu já fiz a viagem de Barcelona para Paris e é longe para ir de trem… eu acho que nesse caso ir de avião seria melhor.

      De Paris para Bruxelas você vai de trem e não precisa ser um trem noturno. Bruxelas para Amsterdam é pertinho também. Aí Alemanha, nesse caso vai depender de qual região você vai. Se for Munique, por exemplo, teria que fazer como eu fiz na primeira viagem e ir no trem noturno.

      Trens noturnos tem o lado bom e o lado ruim. O bom é que você viaja a noite e economiza tempo, economizada um noite de hospedagem e tal… o lado ruim é que você chega meio cansado… (a não sei que você durma super de boa no trem).

      Enfim.. Dá uma olhada nesse link da RailEurope: http://bit.ly/RailEuropeViajante

      Eu já comprei passagem com eles algumas vezes é foi tudo certo.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  103. Rogério Ferreira

    Boa noite, estou programando a minha preira viagem para fora do país, pensei na Europa pelo o fato de conhecer alguns países em uma única viagens, então tenho algumas dúvidas. Primeira preciso falar inglês ou a língua da imigração para poder entrar? Segunda, quando chegar lá vou poder viajar entre os países sem problemas? Ou tem alguma regra a seguir?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Rogério, tudo bom!?! Então, vamos lá.. sobre a imigração.. o inglês bastar para passar, não precisa mais que isso. Depois que você entrou, você vai ter 3 meses para circular pelos países que fazem parte do tratado de schengen. Caso você visite um país que não faça parte do tratado, como a Inglaterra, aí você teria que passar novamente pela imigração.

      Existem algumas países que não fazem parte do tratado que até exigem visto, mas aí é só dar um pesquisada…. tudo vai depender do seu roteiro.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  104. Wil

    Olá! muito informativo este post, mas tenho uma dúvida, o seguro de saúde para Europa é realmente obrigatório? Vou providenciar o passaporte e ficarei poucos dias na Europa (vou de avião com o meu pai de Belém-Amsterdã com escala em Portugal, e quando chegarmos em Amsterdã iremos passear até Paris e Londres) não podemos ter apenas o passaporte? Desde já muito obrigada!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Wil, tudo bom? Então, é obrigatório sim! Se eles pedirem isso na imigração e você não tiver, eles podem barrar a sua entrada. Mas além disso, imagina que você consiga entrar… e acabe sofrendo algum acidente? lógico que não queremos que isso aconteça, mas um perna quebrada, uma fratura, por exemplo, pode custar uma fortuna para quem não tem o seguro. Eu não saio do Brasil sem um seguro, mesmo para os países que é obrigatório.

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  105. lindoilson

    Olá Amigo..
    Minha duvida é…
    estarei indo para portugal com minha esposa e filha passar 1 mes por lá…e minha sogra esta enviando a carta convite…mesmo com essa carta convite se responsabilizando por tudo lá,eu terei por obrigação fazer este seguro viagem?
    Meu email é….
    aguardarei sua resposta amigo

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande amigo, tudo bom? Então, pelo que eu pesquisei sim… mesmo com a carta convite você precisa ter o seguro viagem, ela não supre essa necessidade. A carta tem apenas relação com sua hospedagem, mas não com os custos de saúde e tal…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  106. Nathalia

    Boa noite Robson.Parabens pelo blog,to pegando variaas dicas aqui
    Mas surgiu uma duvida..vou pra europa em dezembro ,chego em barcelona fico 2 dias,de la pego um aviao pra londres e ficarei la por 4 dias,de londres pego um aviao pra paris,depois vou para amsterdan e por fim volto de aviao para barcelona onde ficarei mais 3 dias e volto para o brasil(do aero de barcelona)..minha duvida é,como londres nao faz parte do tratado de schengen,terei algum problema com essas viagens aereas entre os paises ? Tem algum problema eu chegar em barcelona depois ir rodar os outros paises e voltar para barcelona para pegar meu voo de volta para o brasil? Abraço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Nathalia, tudo bom!? Que bom que chegou aqui e está curtindo o blog. Então, não tem problema não.. mas quando você for entrar na Inglaterra vai ter que passar novamente pela imigração. E de Londres para Paris, novamente, se não me engano, mais uma imigração. Mas não existe nenhum problema em fazer dessa forma…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  107. Charles

    Olá Robson, ótimo post, fiquei um pouco preocupado com uma coisa, eu pretendo fazer um mochilão de 3 meses na europa, vou comprar o ticket da eurail de 3 meses, e não queria fazer um roteiro 100% corretinho e ja agendar datas para os lugares onde vou ficar, pois posso acabar gostando mais de uma cidade e querendo ficar mais ou mudar de planos no meio do caminho, enfim… não gostaria pagar os hostels com antecedencia(aqui do Brasil), acho que isso será um problema?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Charles, tudo beleza!? Então, sobre a reserva com antecedência… ela é só uma garantia de que você vai ter um lugar para ficar.. Assim, em alta temporada que isso complica mais. Eu não vou dizer que você não vai conseguir lugar.. mas as vezes são vai conseguir lugares muito caros. Um exemplo.. esse ano eu fui pra Amsterdam em uma semana surreal. Tinha algum evento por lá e estava quase tudo lotado…. inclusive os hostels! Eu acabei ficando em um hostel, mas paguei o valor de um hotel 4 estrelas… isso que fiquei num quarto compartilhado. Foi um absurdo! Gastei mais lá do que na Suíça…

      Então assim, é legal dar um pesquisada… veja se não tem algum evento importante na época que você for. Sei que essa liberdade de ir sem reservar é legal, conheço muita gente que faz isso… Eu já prefiro ir com tudo certo… É com certeza mais econômico…

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  108. Thiago Oliveira

    Olá, não sei se você está respondendo ainda mas vamos lá tentar

    Eu to meio em pânico com essa história da imigração…então queria tirar umas dúvidas:

    Eu vou com a minha mãe e um amigo
    minha mãe é aposentada pensionista, eu estou desempregado
    eu estou morrendo de medo de ser barrado por isso, eu vou levar a passagem de ida e volta, a hospedagem também já está paga (13 dias)…mas mesmo assim to com medo, se perguntarem do meu trabalho aqui.

    Outra dúvida, é melhor trocar o dinheiro aqui no Brasil ou trocar lá? Quanto por pessoa você acha bom levar em Libras? Tem alguma dica de onde trocar o dinheiro aqui no Brasil? Eu pretendo gastar (só eu no caso) no total da viagem uns 2800 reais…o que dá umas 700 libras…mas tenho reserva (2000 reais) pra emergencia.

    Acho que por agora é só, aguardo uma resposta.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Thiago, tudo bom? Então, a primeira coisa é ficar calmo.. se você só está indo passear e não está fazendo nada errado, tem tudo para dar certo… mas precisa chegar lá tranquilo.

      Você tem passagem de volta, que é super importante. As hospedagens também, muito importante. Se perguntarem o que você faz no Brasil, diga a sua profissão…. e se eles perguntarem o que é a sua profissão, aí você explica pra eles. Dificilmente vão te pedir para comprar isso…. de alguma forma. Se perguntarem sobre uma empresa, aí você fala a verdade. Sempre a verdade!

      Não se esqueça também de contratar o seguro viagem, que é obrigatório por lá

      Sobre o dinheiro… torque aqui sim, não deixe para trocar lá.

      Eu troco sempre aqui em Curitiba, na Dourada Câmbio. Uma casa de câmbio de confiança.

      Bom, espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  109. FLAVIO MACIEL DUARTE

    Boa tarde, parabéns pelo blog, muito legal e útil

    Minha dúvida é quanto a comprovação da passagem como comprovar. pode ser a impressão da internet?

    Obrigado!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Flavio, tudo beleza!?! Muito obrigado pelo elogio, fico feliz em saber que curtiu o blog

      Sobre a passagem, simm, pode ser essa impressa da internet mesmo

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  110. Bruna

    Olá, boa noite!

    Nossa…Tow com muito medo! Estou de viagem marcada para Lisboa dia 29/12, porém tenho conexão em Madrid, mas tenho muitas dúvidas. Me ajuda por favor! Rsrsrs
    Meu namorado fará uma carta convite carimbara e tudo em Portugal dizendo ser responsável por mim, irei levar bilhete de ida e volta, passaporte renovado e antigo, dinheiro e o seguro viagem. Na questão do dinheiro se não levo a quantia que eles pedem para o prazo de 82 dias que vou, se tenho a carta convite terá algum problema? Ou na mesma tenho que ter os 60 euros diários. E o cartão de crédito tenho mesmo que levar o extrato?
    Ah, e não trabalho, apenas estudo em casa por conta própria, no caso me perguntem algo, dizer que sou estudando está errado?

    Espero muito sua resposta!
    Obrigada e parabéns pelo Blog!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bruna, tudo bom?? Callllllma!! Primeiro de tudo fique tranquila, não é nenhum bicho de 7 cabeças! Falar a verdade é sempre o mais aconselhável. Bom, vamos lá…

      Você não precisa ter todo o dinheiro em espécie não… tenha apenas um parte…e diga que tem cartão de crédito, acredito que já será o suficiente.

      Passagem de volta e seguro você tem, então ótimo! Sobre o trabalho, assim.. se você falar que está trabalhando, eles podem perguntar no quê? Aí você tem que explicar o seu trabalho… eu já tive que responder isso. Então eu acho que você pode dizer a verdade… que é estudante.

      Dizer a verdade é sempre a melhor opção por lá

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  111. Assis

    Boa tarde.

    Estou indo visitar uma amiga na Holanda em fevereiro.
    Ela me fará uma carta convite agora em dezembro e me enviará…
    Com carta convite, quanto em euro preciso apresentar para n]ao ser barrado?
    Li em um outro site que seria em torno de 20,00 euros no minimo por dia. Essa informação confere?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Assis, tudo bom? Então, não existe uma regra definida sobre o valor. Digamos que você vá passar 5 dias na Holanda, nesse caso você teria 100 euros com você… talvez seja pouco, então seria melhor levar um pouco mais.

      Mas, se você for ficar 20 dias, já seriam 400 euros – o que eu acho que já é um valor legal. Até porque você não pode ser obrigado a andar com muito dinheiro em espécie.

      Se eles perguntarem sobre dinheiro, diga que tem um parte em espécie (não precisa dizer quanto, a não ser que eles perguntem). Se tiver cartão, diga que tem um parte em espécie e também cartão de crédito. Normalmente já é o suficiente

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui. Grande abraço!

      Reply
  112. Bárbara

    Oi Robson, vou fazer uma viagem em família mês que vem para a Europa. Algumas pessoas tem cartão internacional, mas eu não tenho, mesmo sendo uma viagem em grupo tu achas necessário adquirir um ? seria um problema na imigração ?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bárbara, tudo bom? Então, não que seja obrigatório ter um cartão internacional. Você apenas tem que mostrar pra eles, caso seja solicitado, qual a forma que você vai se manter lá. Se você for levar todo seu dinheiro em espécie, basta dizer isso pra eles… e até a quantia que está levando, se perguntarem. Se você for levar um cartão pré-pago, pode dizer pra eles também.

      No mais é só ir tranquila e dizer a verdade… aí tudo dá certo!

      Espero ter ajudado… Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  113. Paolla

    Boa tarde!!

    Eu estou planejando um mochilão pela Europa e dpois Ásia, gostaria de saber se vc pode me ajudar com uma dúvida?
    Pretendo iniciar o mochilão pela Turquia, ficando cerca de 3 meses na Europa, porém FORA do tratado Sheingen, depois mais cerca de 3 meses nos países DENTRO do tratado, retorno para Turquia e pego um voo para Malásia, retornando após cerca de 3 meses para o Brasil saindo da Thailandia.

    Minha dúvida é se é sobre a passagem de volta que os países exigem, se desta forma eu estaria satisfazendo esta condição, ou se posso ter problemas principalmente na imigração da Europa tratado Sheigen.

    Pretendo sair do Brasil com as seguintes passagens compradas:
    Brasil – Turquia Fevereiro
    Turquia – Malásia Agosto
    Thailandia – Brasil Novembro

    Espero que possa me ajudar.
    OBrigada!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Paolla, tudo bom? Então…. bom… até onde eu entendo, o que você precisa é ter uma passagem de volta para o Brasil… e isso você tem. Como você está indo com essas passagens todas na mão, não é difícil explicar o roteiro da sua viagem. Eu acredito que você não teria problemas….não posso te dar certeza… mas ao meu ver, tá tudo tranquilo.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  114. Diego Alencar

    Olá. Vou viajar para Tóquio e vou fazer escala de 8h em Roma. Neste caso, quais documentos eu preciso ter em mãos para passar na imigração? Eu não sei se vou dar um pulo rápido em Roma ou não, então se puder considerar as duas situações, eu agradeço. Muito obrigado!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Diego, tudo beleza? Bom, 8 horas vai ser corridinho… será que realmente vale a pena sair do aeroporto no seu caso? Eu lembro que o aeroporto lá é bem afastado…

      Bom.. tem que ver até como vai ser essa sua escala, será que você vai passar pela imigração? ou vai ficar em outra aérea apenas para a conexão? Por ser um caso mais específico, eu to em duvida do que te indicar…

      Pois assim, o que normalmente é exigido (comprovante de hospedagem e seguro viagem Europa) não faz muito sentido nesse seu caso.

      Vou tentar pesquisar um pouco sobre isso e se descobrir algo eu te aviso, por hora vou ficar te devendo mais dicas

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
      1. Diego Alencar

        Sem problemas Robson. Se for possível você dar uma pesquisada para mim, eu lhe agradecerei muito! Eu já olhei trocentos sites/blogs e até agora estou nessa dúvida. Mas sem pressa, minha viagem é perto do final de Março ainda. =D

        Eu pensei melhor e não vou para Roma não. Vou ficar no aeroporto mesmo esperando o voo sair. Neste caso eu nem sei se vou precisar passar na imigração, mas eu gosto de me precaver para não passar por nenhum problema, já que é minha primeira viagem internacional que faço.

        Muito obrigado!

        Reply
  115. Regina

    Boa noite Robson!
    /Terei problema com a imigração se a carta convite não coincidir com a data que vou ficar? Volto dia 17/02, a carta está até 28/02 , foi feito dessa maneira porque na época que foi solicitada ele solicitou, eu não tinha a data correta de minhas férias.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rê, tudo bom? Ahhh eu acho que não teria problema nesse sentido não… ainda mais que você volta antes…. se fosse voltar depois aí talvez eu pensaria em algo, mas assim eu acredito que vai dar tudo certo

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  116. Edson Pereira

    Ola! Sou novo no assunto e gostaria de tirar varias duvidas! Estou evitando os EUA pelo fato de ter de ter VISTO de viagem! Pretendo ir pra Europa a passeio breve! Pergunta: Preciso de quantos passaportes pra chegar ate la partindo do Brasil, Aeroporto Santos Dumont como exemplo? O valor de 30.000 Euros pra Saude e obrigatorio? Posso migrar de la pros EUA e documentos para tal caso afirmativo? Aguardo.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Edson, tudo bom? Então, realmente na Europa você não precisa de visto. Só precisa ter o seu passaporte válido. Esse valor de 30.000 euros é o que o seguro que você vai contratar tem que cobrir…. mas não que você precise ter essa quantia.

      Aqui no blog eu tenho um cupom de 15% de desconto para você contratar o seguro. Também já falei mais sobre ele em outro post… dá uma olhada aqui:
      /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  117. Isaías

    Boa noite Robson eu estou indo para Portugal dia 20 de fevereiro mesmo com a carta convite eu preciso fazer o seguro viagem

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Isaías, tudo bom? Então, é obrigatório mesmo com a carta convite sim! Pois se algo acontecer, é o seguro que vai arcar com as despesas.

      Eu não saio do Brasil sem fazer o meu… mais do que obrigatório, é super importante pela segurança mesmo!

      Não sei se você chegou a ver, mas os leitores aqui do blog tem 15% de desconto com a Mondial, um das empresas mais confiáveis em Seguro Viagem. Dá uma olhada nesse post com mais detalhes e também para pegar o cupom de desconto:

      /guia-viajante/176-seguro-viagem-europa

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  118. Jean

    Estou com viagem marcada para Abril de 2017, ainda bem que descobri seu blog, não sabia nada sobre o seguro viagem, sua dica foi essencial e o voucher de desconto foi providencial. Obrigado!

    Reply
  119. fabio

    oi tudo bem eu vou para noruega visitar o meu amigo 2 meses e eu tenho a carta convite dele de ficar hospedado e seguro viajem 30 mil euro, e dinheiro e cartoes de credito internacionais! Eu tenho uma passagem de volta reservada e confirmada mas eu nao tenho o numero do bilhete ja porque vou pagar pelo boleto bancario e a compensacao sera de 10 dias uteis! No entanto eu posso viajar com esse bilhete de volta sem o numero do ticket ? eu tenho o codigo de reserva e data e tudo! Caso for Checar a passagem ela esta ativa e confirmada no meu nome ( http://www.checkmytrip.com ) .

    Por favor me envia um conselho sobre isso

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Fábio, tudo bom? Puxa, é uma dúvida bem específica né… Eu confesso que não sei te dizer como será nesse caso. Você vai viajar antes desses 10 dias completarem? Acho que você pode entrar em contato com a companhia aérea para se informar melhor, pode ser que eles te deem uma luz.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui. Grande abraço!!

      Reply
  120. Eduardo Ferreira

    Bom dia Robson.

    Estou com viagem marcada em Maio para Áustria, para visitar um amigo e também para conhecer alguns países e me surgiu uma duvida: Preciso da carta convite mesmo que não fique hospedado na residencia dele? Ou levo a carta convite e as reservas do Hotel no primeiro País, pois ainda não defini todos os meus destinos.
    Outra coisa, necessário levar carteira de trabalho para comprovar que estou de férias do trabalho? E cópia autenticada dos contratos dos meus imóveis para comprovação?

    Att;

    Obrigado.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Eduardo, tudo bem? Então, leve apenas os comprovantes de hospedagem do país que você vai chegar… pra depois não precisa. Mas nem comente sobre ficar em casa de amigo e tal…. apenas leve as primeiras reservas e se eles perguntarem depois aí você diz que ainda não tem reservado.

      Carteira de trabalho eu acho que eles nunca vão pedir. Eu já levei um carta do trabalho, em inglês, declarando que eu estava de férias… mas como nunca pediram, hoje já não levo mais. Esses dos imóveis também não precisa não

      Bom, se precisar de qualquer coisa é só me dar um grito aqui. Abraçooo!!

      Reply
  121. Gustavo Silva

    Oi Robson, tudo bem? Venho acompanhando o blog esta me ajudando bastante. Bom queria que me tirasse umas dúvidas, pretendo ir morar na casa da minha namorada em Portugal, sobre o comprovante de hospedagem, ela tem que me mandar a carta de convite, para mostrar imigração como comprovante de hospedagem ? Preciso ter passagem de volta também, para mostras na imigração?(espero que não). Terei que ter um visto para poder morar lá né? Pode me informar qual é? Pesquisei mais achei vários tipos de visto quero providenciar tudo direitinho. Sobre a quantia em euros não vou precisar fazer contas quanto vou precisar para pagar por cada dia certo ? ja que vou morar lá, irei levar uma quantia em mãos caso precise já que não uso cartão’s de crédito/débito. Desde já agradeço!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gustavo, tudo bem e você? Então…. essa questão de ir pra lá pra ficar é mais complicada. A carta convite é para quem vai por um período de tempo. Para você realmente morar lá é preciso ter um visto… ou casar com ela. Talvez você passar conseguir algum visto de estudante, mas teria que ver isso com uma escola mesmo.

      A passagem de volta é obrigatória… mas se eles souberem que você tá indo pra morar e não tem passagem de volta, eles não te passam nem na imigração….

      Veja tudo isso com bastante calma… não é muito simples mesmo.

      Se precisar de qualquer coisa sobre o destino é só me dar um grito aqui. Abraçoo!!!!

      Reply
      1. Gustavo Silva

        Então se tiver o visto, é a passagem de volta posso ir tranquilo? Tipo para casar quando chegar lá, a gente casa e poderei viver lá tranqüilamente? Ou tenho que casar com ela, eu aqui no Brasil é ela lá em Portugal? Obrigado pela orientação.

        Reply
  122. Roberta

    Oi Robson! parabéns pelo blog! Te acompanho pelo instagram também e adoro as dicas.
    Vi nesse post que você aconselha a não levar a carta convite. Qual o problema que pode acontecer com ela? Eu estou indo para Espanha agora em maio e levaria a carta convite pois vou ficar 3 meses. Minha dúvida com relação a reserva de hotéis e depois cancelar é que teria que fazer muitas reservas falsas para cobrir 3 meses de viagem não? Não seria arriscado também? no booking pelo que vejo não poderia fazer reserva para daqui 4 meses e cancelar só antes de ir..Me ajudaa haha Obrigada!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rô, tudo bom? Então, na verdade não é que não aconselho levar… é que ela é mais trabalhosa, principalmente pra quem vai fazer ela pra você. Mas se você tiver a carta certinha, não tem nenhum problema não.

      Desculpa a demora para te responder… acabei de chegar de uma viagem e só agora vou conseguir colocar os comentários em dia… Imagino que sua viagem já está aí, ou já começou…

      Aproveite muitooo!!! A Espanha é linda!!! Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
  123. Claudinei

    Olá, Robson! Tudo bem? Vou passar oito dias na Islândia e dois em Amsterdã. Tenho duas questões:
    – preciso levar dinheiro em espécie ou só comprovar por extrato bancário e fatura de cartão de crédito já é o suficiente?
    – sobre seguro viagem, contratei seguro de 35 mil euros, que cobrem assistência médica por acidente ou por doença, além de repatriação funerária e sanitária. Porém, não cobre “morte acidental” nem “incapacidade permanente”. Esses últimos dois itens não são necessários, certo?

    Muito obrigado e um abraço,
    Claudinei.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Cludinei, tudo bem e você? Que sonho Islândia, tenho muita vontade de conhecer.

      Então, por segurança é sempre bom legar alguma coisa em espécie com você… mas não é obrigatório.
      Acredito que o seu seguro já é suficiente sim, não precisa se preocupar!

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito aqui.

      Grande abraço!

      Reply
  124. Gustavo Gomes

    Olá Robson.

    Acompanho seu blog faz algum tempo já e estou querendo muito fazer meu primeiro mochilão
    pela Europa, depois de algum tempo tentando formar um roteiro de viagem gostaria de saber a sua opinião
    sobre meu roteiro que é: Paris, Bruxelas, Amsterdã, Berlim, Praga, Viena, Budapeste e Bucareste.
    Quantos euros você acha que eu devo considerar para gastar por dia em cada destino, essa é uma duvida grande que eu tenho e em relação aos documentos também, seguro e tudo mais.. Já li o seu post sobre as documentação necessária, mas tenho duvida em relação a Budapeste e Bucareste.

    Grande trabalho você vem fazendo com o teu Blog, grande Abraço Robson!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Gustavo, tudo tranquilo?

      Que bom saber que acompanha o blog e está programando seu primeiro mochilão pela Europa! Tenho certeza que será uma experiência inesquecível!

      Então, adorei as cidades que você colocou no roteiro. Ainda não conheço todas elas, mas são lugares lugares incríveis.

      Sobre o dinheiro, você acabou não comentando a quantidade de dias que vai ficar em cada uma… mas assim, eu sempre faço um cálculo de mais ou 50/60 euros por dia + hospedagem + transporte entre as cidades.

      Sempre deu certo dessa forma. Mas, dependendo do seu estilo de viajante, pode sair ainda mais barato ou mais caro.

      Sobre Budapeste e Bucareste, eu ainda não visitei… mas qual seria sua dúvida sobre elas?

      Bom, vamos falando. Eu me enrolei um pouco com os comentários aqui no blog, mas hoje estou colocando eles em dia

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  125. Adailton

    Boa noite Robson, Gostei muitos das suas dicas, pretendo fazer minha primeira viajem para a Europa mais precisamente em Dublin, em janeiro. Pretendo ficar 15 dias apenas, vou visitar uns amigos que foram fazer intercambio, já li suas recomendações a respeito de reserva, vou ficar na casa deles, mas vou fazer a reserva do hotel para facilitar. Tenho duvida em relação a quantidade mínima de euros por dia exigido para ficar lá? E tenho medo nessa parte da imigração, falo bem pouco inglês. Nesse período pretendia ir passar uns 3 dias na Itália, teria algum problema? afinal estaria indo para Dublin. Desde já agradeço

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Adailton, tudo bom? Que legal que está programando essa viagem…. eu ainda não conheço Dublin, mas tenho certeza que deve ser uma cidade incrível.

      Sobre a grana, eu sempre calculo uma base de 50/60 euros por dia… pra ficar tranquilo. Dá pra gastar menos, ou bem mais… tudo vai depender do que você vai fazer por lá e do seu estilo de viajante.

      Tente ficar tranquilo na imigração, você vai ver que é mais simples do que parece.

      Sobre a viagem pra Itália, pode ir tranquilo.. não tem problema algum..

      Aproveite muito! Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  126. Cássia

    Não sei falar inglês e, mto menos francês. Será que vou ter algum problema para entender e responder as perguntas na imigração? Kkk

    Reply
    1. Robson Franzói

      Hahahah Oi Cássia, tudo bom?

      Então, não precisa falar Francês…. com um básiquinho de inglês você já se vira… As perguntas, se fizerem, normalmente são simples… tente ir calma e se não entender, peça desculpas e peça pra ele repetir…

      Se tiver qualquer outra dúvida me dá um grito aqui

      Reply
  127. Lohane

    Oi Robson,tudo bem? Estou pensando em fazer uma pequena viagem de apenas 5 dias em Lisboa, como é minha primeira viagem internacional esse post me ajudou bastante, porém, contínuo com algumas dúvidas. 1°: As passagens aéreas compradas pela internet, podem ser imprimidas e apresentadas na imigração? 2°: Sou estudando, como faço para comprovar renda? 3°: Caso pensam algum documento para comprovar que eu estudo no Brasil e preciso voltar, a declaração da faculdade serve? 4°: Todos esse documentos podem ser impressos em português? Desde já agradeço. Abraço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Lohane, tudo bem e você? Ahhh que show, primeira viagem é sempre aquele frio na barriga!

      Então, vou tentar te ajudar: 1: isso mesmo, imprime e leva elas com você. Só apresente na imigração se o agente pedir. 2. Você não precisa comprovar renda. Leve algo que prove que é estudante e se ele perguntar sobre dinheiro, diga quanto e como está levando o seu (em espécie, cartão, etc). 3. Declaração da faculdade.. carteira de estudante.. tudo ajuda.

      Eu lembro que eu ja tive um carteirinha de estudante internacional. Você pode procurar algo assim também. Se conseguir alguma declaração em inglês, melhor ainda. Dá pra tentar isso na faculdade.

      Mas confesso que acho bem difícil eles pedirem para ver algo assim.

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
  128. renata oliveira

    OLa Robson ,estou planejando viajar em março do proximo ano , vou ficar na casa do meu namorado na Holanda , por 30 dias ,ele tera que fazer a carta convite para mim para poder mostrar na imigraçao.Ele mora na holanda ,…ele podera me ajudar com as respostas ? meu ingles nao é muito bom . Seu blog é incrivel ,….tenha uma excelente semana …..um grande abraço!!!

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rê, tudo bom? Isso mesmo, ele terá que fazer essa carta pra você. Mas ele precisa estar com residência lá… e, se for brasileiro, ele precisar estar legalmente no país. Aí ele pode fazer essa carta pra você.

      Que bom que chegou aqui no blog, fico super feliz em saber que está curtindo o conteúdo!

      Se tiver qualquer dúvida é só me dar um grito aqui

      Reply
    2. renata oliveira

      Oi Robson….. Tudo bem? Ele e holandes.Ele pode me ajudarna imigracao quando eu chegar la ,com as respostas? Parabens mais uma vez vez pelo blog…..e incrivel.E obrigada sempre pela ajuda.Um grande abraco

      Reply
  129. Bia Moreira

    Olá Robson tudo bem?
    Eu quero em abril do Ano que vem fazer uma viagem internacional, porém não decidi ainda o local específico, mas está na lista de países que nao precisam de visto. Mas não entendi uma coisa, eu preciso ter o passaporte para embarcar e mostrar na imigração? E no caso as reservas em hotel eu gostaria de comprar com todas as refeições inclusas isso poderia diminuir o valor que devo levar ( dinheiro, cartão?) ou tem um valor específico para entrada. E me tira outra dúvida por favor, pq não preciso do visto?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Bia, tudo bem e você? Para viajar pra Europa, independente do país que você vai visitar, é obrigatório o passaporte sim!

      Sobre os hoteis, você gostaria de reservar hotéis já incluindo as refeições? É um pouco difícil encontrar nesse molde, o mais fácil vai ser com o café da manhã. Aí você aproveite as refeições para conhecer lugares novos. Hotéis “all inclusive” são bem mais caros…

      O dinheiro que você vai levar vai depender muito do seu estilo de viagem… se vai ser mais econômica ou não. Mas, normalmente, com 60 euros por dia + valor da hospedagem + valor das passagens, você consegue se manter bem.

      Boa parte dos países na Europa não exigem visto para Brasileiros, você apenas vai passar pela imigração quando chegar lá. Existem alguns países que sim, existem o visto… por isso é importante definir o seu roteiro e buscar por informações sobre cada lugar.

      Bom, espero que a sua viagem seja incrível!! Se precisar de qualquer coisa me dá um grito aqui.

      Grande abraço!!

      Reply
  130. Vanessa

    Olá, tudo bem?
    Estou planejando uma viagem para a Europa no ano que vem entre 4 países por 20 dias (Portugal, Espanha, França e Itália). Calculando passagem ida + volta, estadia e transporte interno, já deu um valor elevado. Vi que é necessário comprovar cerca de €60/dia. Minha dúvida é: apenas conseguirei levar em torno de €500 (em cartão pré-pago e espécie). O restante, posso comprovar com limite de cartão de crédito de terceiros (como dos meus pais, por exemplo, que me emprestarao o cartão internacional deles)?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Vane, tudo bem e você? Que show!! Vai ser uma viagem incrível!! Então, na verdade não é obrigatório comprovar esse valor… Os 60 euros/dia é uma quantia estimada, para você ficar bem por lá.

      Pode levar uma parte em dinheiro sim e apresentar cartão de crédito. Eu cheguei até a levar, nas primeiras vezes, o extrato com o limite do cartão… mas eles nunca pediram algo assim. Hoje já não levo mais.

      No mais é só ir tranquila. Não esqueça do seguro viagem, esse sim é obrigatório.

      Qualquer dúvida me dá um grito aqui!!

      Reply
  131. Rafaela

    Boa noite!!!
    Adorei suas dicas….
    Minha primeira viagem e tenho muitas dúvidas
    1.ganhei bilhetes do meu namorado que vive na Romênia no dia 14de março ao 18 de abril…. Onde eu imprimo esses bilhetes pq no meu e-mail so tem o roteiro e comprovante de compra
    2.não sei falar a língua da Romênia e nem inglês ; / porém entendo espanhol vou ter problemas com isso?
    3.ele vai me mandar a carta convite informando que vai ser responsável por tudo, ainda devo comprovar uma renda se sim 600 euros ja está bom?
    4.devo falar que vou de férias, pra ver meu namorado ou so uma visita pra um amigo?
    5.em voos com conexão posso levar bagagem de mão mesmo que em bilhetes não fala nada, ex nas duas paradas so informa as bagagem despachadas….sendo que no bilhete tenho direito a 1 de mão e 2 malas?
    6.caso não consigo falar se meu namorado tiver no aeroporto me esperando posso chamar por ele?
    7.se tudo da certo posso ir en países vizinhos como ungari

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Rafa, tudo bom? Desculpa a demora para te responder.. seu comentário acabou passando aqui…. vamos lá..

      1. Normalmente existe um etickt no e-mail ou um códio localizador, você teria que encontrar isso ou entrar em contato com a companhia.
      2. Não sei se o espanhol vai ajudar muito nesse caso… o ideial é arranhar um pouquinho no inglês, só o básico mesmo.
      3. Se na carta tiver tudo explicadinho, não tem que comprar essa questão de dinheiro.
      4. Sempre falar a verdade, ainda mais que você vai ter a carta convite dele…
      5. Pode levar a bagagem de mão sim!!
      6. Ele não vai ter acesso a imigração, onde você estará… então não consegue chamar ele ali.
      7. Pode visitar os países vizinhos que façam parte do tratado e não exijam visto.

      Espero ter ajudado Rafa…. Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  132. Gisa

    Olá! Estou planejando uma viagem para a Europa para 2018, gostaria de saber se posso levar um cartão de crédito de outra pessoa para comprovante financeiro?

    Reply
    1. Robson Franzói

      Oi Gisa, tudo bom? Então, não existe uma regra dizendo que não… eu só não sei se eles vão interpretar bem você estar com o cartão de outra pessoa. Talvez tenha apenas que explicar bem a situação…. mas não acho que vão barrar por conta disso não

      Se precisar de qualquer coisa é só dar um grito aqui!! Grande abraço!!

      Reply
    1. Robson Franzói

      Fala Dayan, tudo bom? Então, eu nunca fui pra Escócia, mas até onde eu sei… é essa documentação sim. Acredito que não tenha algo diferente nesse caso.

      Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply
  133. Rafael

    Boa tarde Robson tudo bem ?
    Então estou programando minha primeira viagem internacional, vou viajar com passagens com stopover, passar dois dias em Lisboa e depois ir para Amsterdam.
    Ja estou a par de toda documentação, a única coisa que me preocupa é o fato de eu não trabalhar com carteira assinada, estou com receio deles pegarem no pé por isso.
    Tem alguma dica para me dar sobre isso?
    Desde já agradeço.

    Reply
    1. Robson Franzói

      Grande Rafa, tudo bem? Cara, imagino a sua ansiedade… consigo lembrar da minha primeira viagem internacional sozinho… é um nervoso, um frio na barriga… mas vai ser muito especial, pode ter certeza!

      Então, se você tem tudo que é exigido, não precisa se preocupar…. carteira assinada não é obrigatório…. pode ficar tranquilo quanto a isso.

      O importante é chegar lá calmo e apenas falar a verdade… e só que perguntarem. Você vai ver que é mais fácil do que parece

      Aproveite muito sua viagem!! Se tiver qualquer outra dúvida é só me dar um grito

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *